1 evento ao vivo
Logo do Jogos Pan-Americanos
Foto: terra

Jogos Pan-Americanos

Jogos Pan-Americanos

Inédito! Halterofilista brasileira faz história e é bronze

Warren Toda / EFE
13 jul 2015
20h01
atualizado às 22h01
  • separator
  • comentários

A 19ª medalha do Brasil nos Jogos Pan-Americanos de Toronto foi conquistada. E a responsável por faturá-la foi Bruna Piloto, halterofilista de 24 anos. A atleta surpreendeu e, na tarde desta segunda-feira, ficou na terceira colocação no levantamento de peso até 63 kg. Agora, o time nacional acumula cinco ouros, seis pratas e oito bronzes no Pan 2015.

Piloto fez história e se tornou a primeira mulher da história do Brasil a subir em um pódio pan-americano na modalidade. Até então, o País tinha oito medalhas no levantamento de peso, todas conquistadas por homens. As mulheres foram incluídas no halterofilismo do Pan em 1999.

 

Bruna Piloto totalizou 202 kg após conseguir 90 kg no arranque e 112 kg no arremesso. Ela flertou com a segunda posição, mas acabou com o bronze - além do novo recorde brasileiro. A colombiana Mercedes Tigrero, que era a favorita, faturou o ouro com 235 kg no total - por três quilos, não alcançou o recorde pan-americano da categoria até 63 kg, conquistado pela canadense Christine Girard nos Jogos de Guadalajara em 2011. A prata ficou com a cubana Marina Rodriguez.

O levantamento de peso foi um dos destaques dos Jogos Pan-Americanos de Toronto. No domingo, uma atleta venezuelana desmaiou durante a prova de até 53kg e deu um susto em todos os torcedores - no fim, ainda ganhou a medalha de prata. Outro fato foi protagonizado por um halterofilista de Barbados, que se lesionou durante um levantamento e se contorceu em dores.

Atletas do levantamento de peso veem dificuldade para ouro

 

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade