PUBLICIDADE

Vai ter recorde? Veja quantas medalhas Brasil pode ganhar

Delegação já conquistou 14 pódios e tem mais três garantidos com final do futebol e duas semifinais no boxe

3 ago 2021 14h16
| atualizado às 14h27
ver comentários
Publicidade
Jogadores do Brasil comemoram classificação para a final
Jogadores do Brasil comemoram classificação para a final
Foto: Edgar Su / Reuters

A última semana da Olimpíada de Tóquio começou, e o Brasil já conquistou 14 medalhas: três ouros, três pratas e oito bronzes. No entanto, a delegação brasileira já tem mais três garantidas. Isso acontece porque a Seleção Brasileira de futebol já garantiu, no mínimo, a prata e Hebert Conceição e Bia Ferreira já estão classificados às semifinais do Boxe. Dessa forma, os pugilistas já garantiram, pelo menos, o bronze.

Medalhas garantidas

No futebol, a Seleção Masculina derrotou o México nos pênaltis e avançou para fazer a final com o Japão. No Boxe, Hebert Conceição enfrenta Gleb Bakshi, do Comitê Olímpico Russo, enquanto Beatriz Ferreira encara a finlandesa Mira Potkonen - ambas as lutas são válidas pela semifinal.

Bia Ferreira vvibra após vencer Kodirova nesta terça-feira, na semifinal da categoria até 60kg Gaspar Nóbrega/COB
Bia Ferreira vvibra após vencer Kodirova nesta terça-feira, na semifinal da categoria até 60kg Gaspar Nóbrega/COB
Foto: Gaspar Nóbrega / COB

Em busca da medalha

Além de garantir mais três medalhas, o Brasil ainda disputa em mais modalidades. No vôlei de praia, por exemplo, a dupla Alisson e Álvaro enfrentam Plavins e Tocs, nesta terça-feira, às 22h (de Brasília), pelas quartas de final. Tanto no feminino quanto no masculino, eles são os últimos representantes do Brasil na modalidade.

Por outro lado, no vôlei, as duas equipes brasileiras seguem vivas. A Seleção Masculina derrotou o Japão e se classificou para enfrentar o Comitê Olímpico Russo (ROC) na semifinal. A Seleção Feminina também encara o ROC, mas na fase quartas de final, às 9h30 (de Brasília), nesta quarta-feira.

Seleção feminina passou em primeiro lugar do grupo
Seleção feminina passou em primeiro lugar do grupo
Foto: Wander Roberto/COB

Finais

O Brasil também tem chance de medalha na maratona aquática feminina. Na modalidade, o país será representado por Ana Marcela Cunha. Ela nadará os 10km na Odaiba Marine Park ao lado de mais 24 competidoras.

A Delegação brasileira ainda tem pretensões de mais uma medalha na vela. Fernanda Oliveira e Ana Barbachan e venceram a 10ª regata da Clase 470 e ficaram em quinto lugar na classificação geral. Faltando apenas a medal race, que acontece nesta quarta-feira, às 03h33 (de Brasília), elas têm chances - ainda que difíceis - matemáticas de uma medalha de prata.

Fernanda Oliveira e Ana Barbachan têm chances matemáticas de medalha (Foto: Jesus Renedo / Sailing Energy)
Fernanda Oliveira e Ana Barbachan têm chances matemáticas de medalha (Foto: Jesus Renedo / Sailing Energy)
Foto: Lance!

No salto individual do hipismo, Yuri Mansur será o representante do Brasil. Ele competirá nesta quarta-feira, às 7h (horário de Brasília) contra mais 27 atletas na modalidade.

O Brasil também sonha com medalha no atletismo. Depois de Alison dos Santos e Thiago Braz, é a vez de Daraln Romani brigar por um lugar no pódio. O brasileiro compete nesta quarta-feira, às 23h05, no arremesso de peso masculino. Ele enfrentará 11 adversários na final.

Darlan Romani vai em busca de mais uma medalha para o Brasil (Foto: Wagner Carmo/CBAt)
Darlan Romani vai em busca de mais uma medalha para o Brasil (Foto: Wagner Carmo/CBAt)
Foto: Lance!

Na maratona, que acontece no sábado, penúltimo dia dos Jogos, às 19h, o Brasil terá três representantes em busca de medalha. Daniel Nascimento, Paulo Roberto de Paula e Daniel Ferreira correrão no Sapporo Odori Park, que fica em Sapporo, capital da ilha japonesa de Hokkaido.

Na Marcha Atlética, o Brasil será representado por dois atletas: Caio Bonfim, que chegou a entrar em isolamento depois de entrar em contato com uma pessoa que testou positivo para a Covid-19; e Érica Sena, que ficou em sétimo na Olimpíada do Rio, em 2016. A prova masculina acontece na quinta-feira, às 4h30 (de Brasília), enquanto a feminina ocorre na sexta-feira, no mesmo horário.

Por fim, o Brasil tem uma única atleta classificada para o pentatlo moderno. Trata-se de Ieda Guimarães, que garantiu a vaga num grupo entre 72 competidores. Essa, inclusive, será sua primeira Olimpíada. A prova acontece na sexta-feira, às 7h30 (horário de Brasília).

Ieda Guimarães representa o Brasil no Pentatlo (Foto: Divulgação)
Ieda Guimarães representa o Brasil no Pentatlo (Foto: Divulgação)
Foto: Lance!

Ainda na fase classificatória

Além das modalidades já citadas, a delegação brasileira ainda compete em outros esportes. Contudo, eles ainda estão em fase classificatória ou ainda não valem medalha. Abaixo, confira cada competição que contará com atletas brasileiros:

Terça-feira

• Skate Park (Classificatórias) - Feminino: às 21h

• Atletismo Decatlo 100m rasos (1ª prova) - Masculino: 21h

• Atletismo Decatlo Salto em distância (2ª prova) - Masculino: 21h55

• Atletismo Decatlo Arremesso de peso (3ª prova) - Masculino: 23h40

Quarta-feira

• Saltos Ornamentais Plataforma 10m (Classificatórias) - Feminino: 03h

• Skate Park (Classificatórias) - Masculino: 21h

• Atletismo 4x100m rasos (Classificatórias) - Feminino: 22h

• Atletismo 4x100m rasos (Classificatórias) - Feminino: 23h30

Quinta-feira

• Pentatlo Moderno Individual/Esgrima (Ranqueamento) - Feminino: 01h

• Canoagem Velocidade C1 1000m (Classificatórias) - Masculino: 21h44

Sexta-feira

• Pentatlo Moderno Individual/Natação - Feminino: 02h30

• Saltos Ornamentais Plataforma 10m (Classificatórias) - Masculino: 03h

• Pentatlo Moderno Individual/Esgrima (Rodada bônus) - Feminino: 03h45

• Pentatlo Moderno Individual/Hipismo - Feminino: 5h15

• Hipismo/ Saltos por equipes (Classificatórias) - Misto: 07h

• Ginástica Rítmica/ Grupo Geral (Classificatórias) - Feminino: 22h

Sábado

• Apenas final do futebol masculino, às 8h30 e a maratona, às 19h

Domingo

• Cerimônia de encerramento, às 8h

*Todos os horários citados são de Brasília

Lance!
Publicidade
Publicidade