PUBLICIDADE

Jogos de Paris

Mesmo sem treinar para ajudar vítimas no RS, atleta bate recorde e confirma índice olímpico

Almir Júnior brilha após deixar Porto Alegre às vésperas de torneio

13 mai 2024 - 14h49
Compartilhar
Exibir comentários

Almir Júnior foi campeão do Salto Triplo e obteve índice olímpico no Campeonato Ibero-Americano, em Cuiabá (MT), neste domingo (14), dois dias depois de deixar Porto Alegre (RS), onde ajudava as vítimas das enchentes. Com um barco e ao lado de amigos, ele socorreu afetados pela maior tragédia ambiental da história do Rio Grande do Sul.

Foto: Lance!

Almir ficou dez dias sem treinar e, mesmo assim, teve um desempenho fenomenal na competição. A marca de 17,31m foi a melhor do brasileiro nos últimos cinco anos e representou o recorde do torneio.

O atleta nasceu no Mato Grosso, mas mora e treina em Porto Alegre desde os 15 anos de idade. Almir defende o Sogipa, clube que se tornou um dos principais centros de arrecadação de doações e auxílio ao povo gaúcho.

- Eu saí de casa para fazer isso. Estava num momento muito difícil no Rio Grande do Sul. Tive que fazer uma escolha, tive que vir pra cá para poder fazer o que eu trabalhei, botar em prática esses dois anos de preparação. Eu vim aqui fazer a minha parte. O que eu sei fazer é isso. Trazer um pouco de alegria para o meu estado, para o meu povo, que me acolheu desde os 15 anos. Então, eu não podia deixar de vir aqui fazer o que eu sei, poder inspirar pessoas e pedir para vocês que sigam ajudando. Tem muita gente precisando. É isso! O recorde é nosso - afirmou Almir, que comemorou a vitória com a bandeira do Rio Grande do Sul.

Lance!
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade