PUBLICIDADE

Ketleyn Quadros cai nas quartas e luta pelo bronze nos Jogos Olímpicos

Brasileira ainda tem chance de medalha de bronze através da repescagem. No masculino, Eduardo Yudi foi eliminado dos Jogos ao perder para o israelense Sagi Muki

27 jul 2021 02h04
| atualizado às 06h21
ver comentários
Publicidade

Porta-bandeira brasileira na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio, a judoca Ketleyn Quadros estreou com vitória na categoria até 63kg. Nesta terça, a brasileira bateu Gankhaich Bold, da Mongólia por Ippon. Contudo, nas quartas de final, a brasileira foi derrotada pela canadense Catherine Beauchemin-Pinard.

Ketleyn Quadros ainda está na disputa para medalha de bronze no judô (Reprodução/SporTV)
Ketleyn Quadros ainda está na disputa para medalha de bronze no judô (Reprodução/SporTV)
Foto: Lance!

Antes mesmo de entrar no tatame, Ketleyn já havia vencido a primeira luta, isso porque Cergia David, de Honduras, não atingiu o peso ideal para realizar a prova e foi eliminada. Já na luta contra a mongol, nas oitavas, a brasileira dominou e aplicou um Ippon. Antes, Katleyn já havia dado um Wazari na adversária.

Nas quartas, Ketleyn enfrentou a canadense Catherine Beauchemin-Pinard e não teve o mesmo desempenho. Com poucos minutos de luta, a adversária aplicou dos wazaris na brasileira, que deu adeus a esperança de medalha de ouro. A partidas das 5h da manhã a judoca volta ao tatame para a repescagem e sonhar com o bronze.

No judô masculino, Eduardo Yudi foi derrotado logo na primeira luta. O judoca brasileiro foi eliminado na categoria até 81kg para o israelense Sagi Muki, campeão mundial em 2019. Com a derrota, Yudi se despede dos Jogos Olímpicos de Tóquio, sem chance de repescagem.

Lance!
Publicidade
Publicidade