PUBLICIDADE

Processo contra Ryan Lochte durante Jogos do Rio é arquivado

Ação movida contra nadador, que fez falsa denúncia de assalto, prescreveu neste mês; atleta dos EUA conquistou um ouro na Olimpíada de 2016

26 jul 2021 20h52
| atualizado às 21h29
ver comentários
Publicidade

O processo contra o atleta Ryan Lochte por uma falsa denúncia de assalto, feita durante a Olimpíada do Rio de Janeiro, em 2016, prescreveu e foi arquivado neste mês. O nadador admitiu que a acusação de furto era mentira, mas ele não pagou multa ou foi preso, punições previstas pelo crime. A Polícia Civil indiciou o norte-americano. Porém, o caso não andou no judiciário.

Ryan Lochte conta com 12 medalhas olímpicas, sendo seis de ouro (Foto: AFP)
Ryan Lochte conta com 12 medalhas olímpicas, sendo seis de ouro (Foto: AFP)
Foto: Lance!

Durante os Jogos de 2016, o nadador denunciou que ele e o atleta James Feigen foram assaltados quando estavam voltando de táxi para a Vila Olímpica após uma festa na Lagoa Rodrigo de Freitas. Os dois nadadores ainda estavam acompanhados de mais dois atletas olímpicos.

A Delegacia de Atendimento ao Turista (DEAT) investigou o caso e concluiu que não houve roubo. Além dos depoimentos diferentes, um vídeo surgiu com os atletas em um posto de gasolina que chegou a virar atração turística no Rio de Janeiro.

Em 2018, a juíza Maria Tereza Donatti deu a última decisão sobre o caso, afirmando que o nadador "provocou a ação de autoridade policial, noticiando publicamente a ocorrência de crime que sabia não ter ocorrido, qual seja, o roubo supostamente praticado contra o próprio denunciado e demais colegas da delegação americana de natação". Desde então, não houve andamento no processo.

Diferentemente da denúncia original, os atletas chegaram bêbados ao posto de gasolina e vandalizaram um banheiro no local, onde ficaram ao serem contidos por seguranças que pediram para que os nadadores pagassem os prejuízos. Ryan Lochte admitiu ter mentido sobre a denúncia e se desculpou sobre o ocorrido, mas não pagou pelo crime.

Nos Jogos do Rio, Lochte fez parte da equipe dos Estados Unidos que conquistou a medalha de ouro na prova do revezamento 4x200m livre. Consagrado na natação, com inúmeros recordes e títulos, ele também acumula outros cinco ouros, além de três pratas e três bronzes em Olimpíadas.

Lance!
Publicidade
Publicidade