2 eventos ao vivo
Logo do Olimpíada 2016
Foto: terra

Olimpíada 2016

Os anunciantes aqui reunidos não possuem relação com os Jogos Rio 2016 e patrocinam apenas este caderno especial.

Filho de Torben Grael garante vaga para o Rio 2016

19 nov 2015
12h26
atualizado às 15h24
  • separator
  • 0
  • comentários

Seguindo os passos do pai, Marco Grael garantiu vaga nas Olimpíadas do Rio de Janeiro no ano que vem ao lado de Gabriel Borges. Os dois velejadores terminaram a fase classificatória do Mundial de 49er e 49erFX na 14ª posição, em Buenos Aires. Com 70 pontos perdidos, eles irão para a flotilha de ouro, que reúne os 25 primeiros colocados. Já Dante Bianchi e Thomas Lowbeer terminaram em 29º lugar e disputarão a flotilha prata.

“Sempre vi o meu pai disputando os Jogos Olímpicos e para mim era um sonho, algo que sempre desejei, mas que nunca tinha ficado tão perto. O sonho agora se concretiza, a ficha ainda não caiu”, afirmou Marco, de 26 anos
“Sempre vi o meu pai disputando os Jogos Olímpicos e para mim era um sonho, algo que sempre desejei, mas que nunca tinha ficado tão perto. O sonho agora se concretiza, a ficha ainda não caiu”, afirmou Marco, de 26 anos
Foto: Divulgação/CBVela

“Sempre vi o meu pai disputando os Jogos Olímpicos e para mim era um sonho, algo que sempre desejei, mas que nunca tinha ficado tão perto. O sonho agora se concretiza, a ficha ainda não caiu”, afirmou Marco, de 26 anos, filho do lendário velejador Torben Grael, dono de cinco medalhas olímpicas (duas delas douradas). “Estamos muito felizes, foi bem suado, trabalhamos muito para isso Agora vamos nos concentrar no Mundial, que ainda não acabou. Estamos bem colocados. É o nosso melhor resultado em Mundiais até agora", prosseguiu Marco, que disputará os Jogos Olímpicos pela primeira vez, assim como seu parceiro Gabriel, de 23.

Disputando contra os concorrentes diretos Thomas e Dante uma vaga nas Olimpíadas, Marco e Gabriel precisavam terminar o torneio à frente dos compatriotas, assim como haviam feito no Sul-Americano, que também foi realizado em Buenos Aires. Caso Thomas e Dante levassem vantagem no Mundial, a definição de quem conquistaria a vaga seria adiada para a III Copa Brasil de Vela, em dezembro.

Além de Marco e Gabriel, o experiente Robert Scheidt já está classificado para os Jogos Olímpicos na classe Laser. Fernanda Decnop, na Laser Radial; Fernanda Oliveira e Ana Luiza Barbachan, na 470 feminina; Martine Grael e Kahena Kunze, na 49erFX; Jorge Zarif, na Finn; Patricia Freitas, na RS:X feminina; e Ricardo Winicki, o Bimba, na RS:X masculina. Na Copa Brasil de Vela serão definidos os representantes na 470 masculina e Nacra 17.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade