0

Flagrado no antidoping, lutador uzbeque perde bronze em Londres

7 nov 2012
14h57
  • separator

O lutador uzbeque Soslan Tigiev perdeu a medalha de bronze conquistada na luta olímpica em Londres 2012 após ser flagrado no exame antidoping. De acordo com a mídia de seu país, o atleta testou positivo para dimetilamilamina, e a decisão do Comitê Olímpico Internacional (COI) de eliminá-lo da competição deve ser feita em breve.

O exame de Tigiev, que compete na categoria para atletas com até 74 kg, teria apontado a presença de dimetilamilamina ainda durante as Olimpíadas, mas o resultado não estava confirmado até o fim do evento. O caso teria ficado em segredo durante o processo disciplinar realizado pelo COI.

Caso a entidade confirme o caso de doping de Tigiev, a medalha de bronze ficará nas mãos do húngaro Gabor Hatos, derrotado pelo uzbeque na decisão do terceiro lugar em Londres 2012. O lutador é o segundo atleta a perder uma medalha da última edição dos Jogos Olímpicos por uso de substâncias proibidas. Antes dele, a bielo-russa Nadzeya Ostapchuk perdeu o ouro do arremesso de peso.

O presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e do Comitê Organizados dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman, pronunciou-se nesta quinta-feira a respeito das denúncias de cópias irregulares de documentos da organização da Olimpíada de 2012, em Londres
O presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e do Comitê Organizados dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman, pronunciou-se nesta quinta-feira a respeito das denúncias de cópias irregulares de documentos da organização da Olimpíada de 2012, em Londres
Foto: Daniel Ramalho / Terra

Veja também:

Colunista do L! alerta para privilégio de torcida organizada em jogo do Palmeiras
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade