PUBLICIDADE
Logo do

Internacional

Meu time

Nos pênaltis, Inter é eliminado pelo Olimpia na Libertadores

Galhardo errou o quinto pênalti do Inter, e paraguaios avançaram na competição

22 jul 2021 23h42
| atualizado em 23/7/2021 às 00h51
ver comentários
Publicidade

O último classificado para as quartas de final da Copa Libertadores da América foi definido nesta quinta-feira, 22. Jogando no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, o Internacional recebeu o Olímpia, em partida válida pela volta das oitavas. Depois de ficar no zero na ida, o resultado se repetiu no tempo regulamentar. Nas cobranças de pênaltis, Galhardo errou, e o Inter deu adeus ao torneio.

Agora, o Colorado foca no Campeonato Brasileiro. Assim, os gaúchos enfrentam o Athletico, na Arena da Baixada, no domingo, 25. Enquanto isso, os paraguaios encaram o 12 de Octubre, fora de casa, na segunda-feira, em partida válida pela 2ª rodada do Campeonato Paraguaio.

Nos pênaltis, Inter é eliminado pelo Olímpia da Libertadores
Nos pênaltis, Inter é eliminado pelo Olímpia da Libertadores
Foto: Everton Pereira / Gazeta Press

Começo movimentado

O Internacional iniciou a partida com tudo, mas acabou pecando nas finalizações - assim como em toda a primeira etapa. Dessa forma, o primeiro susto aconteceu aos 6. Taison encontrou Yuri Alberto na área, mas o atacante acabou mandando a bola no goleiro. Logo depois, Yuri perdeu finalização, em cabeceio por cima do gol.

Correndo por fora...

O Olímpia correu por fora, buscando sempre o contra-ataque ou aproveitando os erros da equipe colorada. Assim, aos 10, os paraguaios conseguiram aparecer. Dessa forma, Orzusa rebateu com a canhota. A bola passou ao lado da meta de Daniel.

Zica?

Buscando o seu primeiro gol pelo Internacional desde a sua volta, Taison seguiu no ataque. Aos 15, Yuri Alberto mandou para Taison, que estava na cara do gol. Contudo, o camisa 10 mandou para fora. Sete minutos depois, o meia avançou pelo meio e arriscou. A bola foi na trave.

Tentativa e gol anulado

Aos 25, os visitantes chegaram com Iván Torres, que recebeu na entrada do Inter. Contudo, errou e deixou a bola escapar. Na sequência, Taison balançou as redes. O juiz, porém, invalidou o lance por impedimento de Galhardo na origem do gol.

Sem gols...

O Inter seguiu com o seu poder ofensivo. Assim, aos 33, foi a vez de Galhardo desperdiçar a oportunidade. Moisés encontrou o atacante, que, livre, cabeceou em cima de Aguilar. Seis minutos depois, uma nova chance. Moisés mandou para o camisa 17, que finalizou de primeira, mas acertou um zagueiro do Olímpia. Na sequência, a bola sobrou novamente para o jogador, que chutou para a linha de fundo.

Não entra!

Aos 40, outras duas novas oportunidades para o Colorado. Yuri Alberto, na primeira, chegou pelo lado direito, mas o goleiro Aguilar fez a defesa. Logo depois, foi a vez de Moisés chutar em cima de um zagueiro do time adversário. Dessa forma, sem gols, a partida foi para o intervalo.

Redes intactas...

Na segunda etapa, a partida seguiu o mesmo panorama. Dessa forma, logo aos 4, Galhardo brigou pela bola, ganhando a posse após erro do zagueiro do Olímpia. O centroavante chutou da entrada da área, mandando para fora. Logo depois, aos 6, Moisés recebeu de Maurício, invadiu a área e mandou uma bomba. A bola tirou tinta do travessão.

Aguilar, o paredão paraguaio

Aos 18, foi a vez de Víctor Cuesta tentar. Após cobrança de escanteio, o zagueiro completou de cabeça. Pitta afastou quase em cima da linha. Na sequência, Taison foi derrubado na área. Com isso, a arbitragem marcou o pênalti. Edenílson foi para a bola, mas Aguilar acertou o canto, evitando o gol colorado.

Situação fica complicada...

Após o pênalti perdido, o ritmo do Inter caiu um pouco. Além disso, com a entrada de Boschilia, Aguirre tentou fechar mais o lado direito da equipe mandante. Enquanto isso, o Olímpia aproveitou para rondar a área do Inter. Aos 36, Alejandro Silva mandou a bola na lado do gol de Daniel. No último minuto, Ojeda deu um susto, mas a bola passou longe.

Pênaltis!

Nas cobranças, o Internacional pecou novamente nas finalizações. Edenílson, Moisés, Maurício e Boschilia converteram. Assim como, Alejandro Silva, Pitta, Ojeda e Ortiz. Na quinta cobrança, Galhardo errou. Derlis Gonzáles, então, garantiu a classificação.

FICHA TÉCNICA

Internacional 0(4)x(5)0 Olímpia

Local: Beira-Rio, em Porto Alegre

Data/Horário: 22 de julho de 2021 (quinta-feira), às 21h30

Árbitro: Christian Ferreyra (URU)

Assistentes: Pablo Llarena (URU) e Alberto Ponte (URU)

Cartões amarelos: Víctor Cuesta (Internacional); Iván Torres (Olímpia)

Internacional: Daniel; Heitor (Boschilia, 29'/2ºT), Bruno Méndez, Víctor Cuesta e Moisés; Rodrigo Dourado, Edenílson, Patrick (Maurício, 30'/1ºT) e Taison (Vinicius Mello, 37'/2ºT); Thiago Galhardo e Yuri Alberto (Palacios, 37'/2ºT). Técnico: Diego Aguirre.

Olímpia: Aguilar; Salazar, Salcedo, Alcaraz (Cáceres, 24'/2ºT) e Iván Torres; Ojeda, Ortiz, Orzusa (Walter Gonzáles, 44'/2ºT) e Derlis González; Pitta e Recalde (Alejandro Silva, 0'/2ºT). Técnico: Sergio Ortermán.

Lance!
Publicidade
Publicidade