PUBLICIDADE
Logo do

Internacional

Meu time

Internacional não joga bem e perde do Juventude na primeira semifinal do Gaúcho

Marcos Vinícios marca o único gol da partida em Bento Gonçalves; volta será no próximo sábado

2 mai 2021 18h38
| atualizado às 21h42
ver comentários
Publicidade

O Internacional não esteve em um dia inspirado neste domingo e acabou saindo atrás do Juventude por uma vaga na final do Campeonato Gaúcho. O clube alviverde de Caxias do Sul (RS) ganhou por 1 a 0, no estádio Montanha dos Vinhedos, em Bento Gonçalves (RS), na primeira partida da semifinal.

Os dois times voltam a se enfrentar no próximo sábado, às 19 horas, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre. O Juventude tem a vantagem do empate, enquanto que o Internacional precisa ganhar por dois ou mais gols de vantagem, já que a vitória simples leva a decisão para os pênaltis.

Acostumado a trocar muitos passes, o Internacional precisou sair das suas características devido às condições do gramado e encontrava dificuldades para criar lances de perigo. O time comandado pelo técnico espanhol Miguel Ángel Ramírez abusava das jogadas pelo lado esquerdo, facilitando a marcação do Juventude.

A primeira grande oportunidade do Internacional aconteceu apenas aos 35 minutos. Patrick tentou a jogada individual na entrada da área e foi desarmado. A bola sobrou para Maurício bater de primeira por cima. O meia colorado voltou a assustar na sequencia em finalização rente à trave.

Logo no começo do segundo tempo, Marcos Vinícius recebeu lançamento e ia saindo na cara de Marcelo Lomba, mas acabou adiantando muito a bola, que ficou com o goleiro. Aos 10 minutos, Palacios invadiu a área e caiu após ser desarmado pelo arqueiro Marcelo Carné. O árbitro assinalou pênalti, mas voltou atrás depois de consultar o VAR.

Uma notícia preocupante para o Internacional foi que Patrick sentiu uma lesão muscular na coxa e precisou ser substituído. O time sentiu a saída de um dos seus principais jogadores e viu a situação ficar mais complicada aos 26 minutos. Wescley lançou Marcos Vinícius, que ganhou na velocidade de Rodrigo Dourado e Heitor antes de finalizar. A bola bateu no travessão e entrou para deixar o Juventude na frente do placar.

Em busca pelo menos do empate, o Internacional pressionou e chegou a assustar em cabeçada do atacante Thiago Galhardo, mas não conseguiu balançar as redes de Marcelo Carné.

Estadão
Publicidade
Publicidade