2 eventos ao vivo

Vasco e Grêmio: em cinco rodadas do Brasileiro, só decepção

20 mai 2019
14h02
atualizado às 14h02
  • separator
  • 0
  • comentários

Pela primeira vez desde que o Brasileiro passou a ser disputado no sistema de pontos corridos, em 2003, dois gigantes do futebol do País terminam a quinta rodada da competição nas duas últimas posições.  Vasco, o lanterninha, e Grêmio, o vice-lanterna, ainda têm todas as condições de reagir e sair da zona de rebaixamento, principalmente o time gaúcho, com elenco mais qualificado que o carioca.

Mas, mesmo assim, o começo tão ruim dos dois salta aos olhos de quem acompanha o futebol nacional. O Vasco fez ótima campanha até a metade do Estadual e chegou a conquistar a Taça Guanabara (1º turno) e o Grêmio levantou o título do Gaúcho.

O técnico do Grêmio, Renato Gaúcho
O técnico do Grêmio, Renato Gaúcho
Foto: Celso Pupo / FotoArena / Estadão Conteúdo

Depois disso, o Vasco passou a ter queda acentuada de rendimento, o que culminou na demissão do técnico Alberto Valentim e na contratação de Vanderlei Luxemburgo. Já o Grêmio tem a seu favor o fato de estar concentrado também na Copa do Brasil e na Libertadores, na qual teve um início hesitante e só depois passou a convencer.

Confira abaixo, a título de curiosidade, quem eram os dois últimos de cada edição do Brasileiro desde 2003, após a quinta rodada, e, entre parênteses, a classificação final desses clubes nos respectivos anos. Vale lembrar que em 2003 e 2004 o campeonato teve 24 times e, em 2005, foi disputado por 22 equipes. Em negrito estão marcados os que acabaram rebaixados

2003
23° lugar – Goiás (9°)
24° lugar – Paysandu (22º)

2004
23º - Botafogo (20º)
24º - São Caetano (18°)

2005
21° - Figueirense (16°)
22° - Athletico-PR (6°)

2006
19° - Santa Cruz (20°)
20° - Palmeiras (16°)

2007
19° - Santos (2°)
20° - América-RN (20°)

2008
19° - Goiás (8°)
20° - Fluminense (14°)

2009
19° - Coritiba (17°)
20° - Athletico-PR (14°)

2010
19° - Athletico-PR (5°)
20° - Atlético-GO (16°)

2011
19° - Athletico-PR (17°)
20° - Avaí (20°)

2012
19° - Atlético-GO (19°)
20° - Corinthians (6°)

2013
19° - Náutico (20°)
20° - Ponte Preta (19°)

2014
19° - Coritiba (14°)
20° - Chapecoense (15°)

2015
19° - Flamengo (12°)
20° - Joinville (20°)

2016
19° - Athletico-PR (6°)
20° - América-MG (20°)

2017
19° - Athletico-PR (11°)
20° - Vitória (16°)

2018
19° - Ceará (15°)
20° - Paraná (20°)

2019
19° - Grêmio
20° - Vasco

Veja também

 

Fonte: Silvio Alves Barsetti
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade