PUBLICIDADE
Logo do

Grêmio

Meu time

Grêmio exclui cônsul do clube após postagens racistas em rede social

27 mai 2021 16h17
| atualizado às 16h17
ver comentários
Publicidade

O Grêmio anunciou nesta quinta-feira o desligamento de Eduardo Ferrari, responsável pelo Consulado da cidade de Charlotte, nos Estados Unidos. Foram encontradas em seu Twitter falas racistas, se referindo ao Internacional e sua torcida.

Eduardo, que acusou o jornalista Caio Alves, da ESPN, de receber dinheiro para publicar informações positivas do Internacional, teve revelado tweets de 2013, nos quais o ex-Cônsul se referiu aos jogadores do Inter como "macacos".

(Foto: Reprodução/Twitter)
(Foto: Reprodução/Twitter)
Foto: Gazeta Esportiva

Ferrari excluiu sua conta do Twitter nesta quinta-feira.

Confira a nota oficial do Grêmio:

"O Grêmio FBPA, juntamente com o seu Departamento Consular, vem a público informar o desligamento do Cônsul da cidade de Charlotte, Carolina do Norte (EUA), devido a manifestações de cunho racistas em rede social, contrariando valores do Clube e que não condizem com o título que lhe foi conferido, como representante desta instituição.

O Grêmio reitera seu total repúdio a todo e qualquer ato de discriminação, primando por ser sempre o "Clube de Todos."

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade