0

Renato diz que sai de cabeça erguida: "eles têm uma seleção"

16 dez 2017
17h23
atualizado às 17h35
  • separator
  • 0
  • comentários

Por mais confiante que seja, Renato Gaúcho desta vez não conseguiu contagiar seu elenco a ponto de superar o Real Madrid na grande final do Mundial de Clubes, neste sábado, em Abu Dhabi. Falando com a imprensa após a derrota por 1 a 0, o técnico tricolor deu destaque aos grandes jogadores que Zinedine Zidane tem à sua disposição, motivo pelo qual os gremistas não têm do que reclamar.

Renato Portaluppi e Zidane durante o Mundial de Clubes
Renato Portaluppi e Zidane durante o Mundial de Clubes
Foto: Reuters

"Eles têm uma seleção e mesmo assim minha equipe jogou, buscou. Mas como eu falo, do outro lado está uma máquina, uma potência, uma seleção. É por isso que o meu grupo tem que sair de cabeça erguida", disse Renato Gaúcho.

Contando com o importante desfalque de Arthur, dono do meio-campo gremista e cotado para se transferir ao Barcelona, o treinador do Grêmio também lembrou que a vitória do Real Madrid só aconteceu por conta de um erro de seus jogadores, que não se mantiveram colados na barreira, fato que permitiu Cristiano Ronaldo a bater à meia altura e mesmo assim balanças as redes.

"Temos que sair de cabeça erguida. Tenho o privilégio, orgulho de estar à frente de um grupo desse. Honramos a camisa mais uma vez. Sabíamos que do outro lado haveria uma equipe muito forte e mesmo assim perdemos em uma cobrança de falta, em uma falha nossa. O torcedor tem que estar orgulhoso, porque esse grupo fez muito esse ano", completou o treinador.

Veja também

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade