1 evento ao vivo

Brasil bate a Bélgica e segue invicto no Grand Prix de futsal

1 fev 2018
21h02
  • separator
  • 0
  • comentários

Nesta quinta-feira, o Brasil venceu a Bélgica, que é considerada a equipe mais fraca do Grand Prix, por 8 a 4. Com o resultado conquistado em Brusque (SC), os comandados de Marquinhos Xavier permanecem invictos e chegam a três triunfos consecutivos.

A Bélgica começou bem a partida e foi quem abriu ao placar. Em escanteio, Salhi apareceu no meio da área e mandou para o fundo do gol, aproveitando o vacilo da defesa. A resposta veio rápida, aos cinco minutos. Leandro Lino pedalou, cortou para o meio e bateu forte para o gol.

Aos nove minutos, após cobrança de escanteio, Jackson pegou a sobra e mandou a bola para o fundo do gol. No lance o camisa quatro lesionou o joelho e precisou sair da quadra na maca com a região imobilizada. Com oito minutos para o fim, o goleiro William salvou a Seleção em jogada de contra-ataque.

Com pouco mais de três minutos para o intervalo, Daniel levantou a bola e Pito empurrou a bola para o fundo do gol de peito. Já com um minuto para o fim do primeiro tempo, Rodrigo aproveitou a cobrança de tiro livre.

Com menos de um minuto da segunda metade do jogo, Dieguinho recebeu no lado esquerdo da quadra, ajeitou e mandou uma bomba no ângulo. Com cinco minutos, Gadeia aproveitou o rebote, limpou o goleiro e deixou o placar em 6 a 1.

O Brasil chegou ao sétimo com gol Ferrão, que fez bom arremate pelo lado direito da quadra. Com oito minutos, Léo Santana recebeu a bola na entrada da grande área em jogada veloz e marcou o gol.

Logo em seguida, os belgas marcaram seu segundo gol. Salhi recebeu cruzamento, matou de escanteio e chutou de primeira. Com 11 minutos para o fim, a seleção da Bélgica fez jogada ensaiada e Chaibai colocou no lado direito do gol.

Depois de um longo período sem gols, a equipe europeia marcou gol no último minuto. Após falta cobrada na barreira, Chaibai pegou o rebote e fez o quarto dos belgas.

A Seleção Brasileira volta a jogar no sábado, às 11 horas (de Brasília), contra a República Tcheca na última rodada do Grand Prix. A grande final e a disputa de terceiro lugar serão realizadas no domingo, às 10 horas e às 8 horas respectivamente.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade