3 eventos ao vivo

São Paulo aposta em Tchê Tchê para buscar vitória diante do Goiás fora de casa

Em seu segundo jogo, volante vira peça fundamental em Goiânia, pelo Campeonato Brasileiro

1 mai 2019
04h41
  • separator
  • 0
  • comentários

Em seu segundo jogo como titular, hoje, diante do Goiás, o volante Tchê Tchê já ganhou status de peça fundamental do esquema do São Paulo. Depois de participar dos dois gols na vitória sobre o Botafogo, Tchê Tchê vai continuar com liberdade para chegar ao ataque, mas terá de melhorar a saída de bola da equipe na segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Esse é o principal ponto que o técnico Cuca quer aperfeiçoar para a partida no estádio Serra Dourada a partir das 21h30.

O treinador quer que a equipe tenha maior posse de bola do que na partida no Morumbi. No primeiro jogo, o Botafogo teve 66%, mas o São Paulo foi mais objetivo e vertical. Agora, Cuca planeja ter o domínio da partida. Por isso, Tchê Tchê é fundamental, para ficar com a bola desde a linha de zagueiros e fazer a transição para os homens de frente.

"Temos que trabalhar mais a nossa saída de bola. Às vezes, a gente confunde algumas coisas. Uma saída de bola quebra uma linha de marcação do adversário, então temos que trabalhá-la mais", afirmou o técnico Cuca, que teve apenas dois dias de preparação (segunda e terça-feira).

O desafio do ex-palmeirense é a condição física. Diante do Botafogo, ele foi substituído por cansaço aos 41 minutos do segundo tempo. "Eu vou no meu limite (na quarta-feira). Até onde eu conseguir vou tentar ir", afirmou após a vitória.

Tchê Tchê vai atuar ao lado de Hudson, que novamente jogará como volante em função das lesões de Liziero e Luan, que se recuperam de estiramento muscular. Na lateral-direita, Igor Vinicius terá mais uma chance. Alexandre Pato será novamente a referência na área como centroavante, substituindo Pablo, que se recupera após cirurgia na região lombar. Na primeira partida, Pato teve participação discreta. Suas melhores jogadas só aconteceram quando se deslocou pelos lados do campo. "Será um jogo muito difícil, pois o Goiás começou bem e vai manter o ritmo jogando de casa", diante o goleiro Tiago Volpi.

Na primeira rodada, o Goiás conseguiu uma vitória fora de casa diante do Fluminense por 1 a 0. O técnico Claudinei Oliveira deverá manter a formação do Maracanã. O goleiro Tadeu, que defendeu um pênalti no Maracanã, foi efetivado como substituto de Sidão, que se transferiu para o Vasco. O meia Giovanni Augusto é o responsável pela armação; no ataque, Kayke e Barcia.

O elenco esmeraldino chega desgastado à segunda partida do Brasileirão. Devido à forte chuva que caiu no Rio de Janeiro no início da semana, o voo da delegação foi cancelado, e o Goiás só chegou a Goiânia no início da madrugada desta terça-feira. "A ideia era que o pessoal que jogou fizesse um trabalho leve, mas tivemos problema na viagem de volta, o que aumentou o desgaste. Mas pretendo iniciar com a mesma equipe a não ser que algum atleta seja vetado", afirmou disse Claudinei Oliveira.

O duelo marca a reabertura do Serra Dourada, que ficou fechado no último mês para reforma. O Goiás deverá contar com casa cheia, pois 15 mil ingressos já foram vendidos até a tarde desta terça. Ao todo, foram colocados à venda 33.040 ingressos à venda. Depois de enfrentar o São Paulo, o Goiás jogará contra o Cruzeiro, domingo, fora de casa. Na quarta rodada, o time recebe o Ceará.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade