0

Ronaldinho deixa detenção e chega em hotel para cumprir prisão domiciliar no Paraguai

7 abr 2020
22h15
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Depois de ter aceito o seu pedido de revisão de medidas e pagar uma garantia no valor de R$ 8,37 milhão, Ronaldinho deixou a detenção paraguaia na noite desta terça-feira e já está no hotel em que cumprirá prisão domiciliar, sob custódia das autoridades do país.

De acordo com o Abc Color, do Paraguai, Ronaldinho e seu irmão Assis deixaram a Agrupación Especializada de la Polícia Nacional, às 19h30 desta terça-feira, exatamente um mês e um dia depois de terem decretadas as suas prisões.

Na saída da detenção, ainda de acordo com a imprensa paraguaia, Ronaldinho parou para autografar uma camiseta de um fã que o esperava no lado de fora. Já na chegada ao hotel, localizado na região central de Assunção, o astro brasileiro não parou para falar com os jornalistas, mas passou com o sorriso no rosto.

Ronaldinho e Assis foram detidos no dia 6 de abril, após serem flagrados portando identidades falsas. Ambos viajaram ao Paraguai para participação em eventos promovidos pela empresária Dalia López, que ainda é uma fugitiva da justiça.

A defesa dos irmãos já havia tentando outras três oportunidades de implementar a prisão domiciliar ou a liberdade de ambos, mas todos os pedidos foram negados. Até que, nesta terça-feira, o novo pedido foi aceito, com o pagamento de R$ 8,37 milhão como garantia.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade