1 evento ao vivo

Perto do último clássico, Iniesta tem retrospecto favorável contra o Real

4 mai 2018
14h43
atualizado às 14h43
  • separator
  • comentários

Andrés Iniesta já confirmou que deixará o Barcelona, único clube que defendeu na carreira e onde se tornou ídolo, ao final da temporada, rumo ao futebol chinês. Em clima de despedida e com o título do Campeonato Espanhol garantido, o meia disputará seu último clássico contra o Real Madrid neste domingo, no Camp Nou. Se depender de seu retrospecto contra os merengues, porém, o jogador de 33 anos promete fechar este ciclo com chave de ouro.

Como apontado pelo infográfico publicado pelo jornal catalão Sport nesta sexta-feira, dos 37 clássicos que o camisa oito disputou, contando desde o dia 20 de novembro de 2004, quando substituiu o sueco Larsson aos 27 minutos do segundo tempo na vitória por 3 a 0 do Barça, ele venceu 16. Ademais, foram nove empates e 12 triunfos do time da capital espanhola.

Se forem levados em conta apenas duelos válidos pelo Campeonato Espanhol, o desempenho é ainda melhor. São 13 vitórias blaugranas, contra sete merengues e apenas cinco empates.

Além de ser o time o qual Iniesta mais enfrentou em sua carreira, o Real Madrid é também uma das maiores vítimas do meia. Em quase 14 anos de enfrentamento, Andrés balançou a rede rival em três oportunidades, além de dar oito assistências para gols grenás. O número só não supera os cinco gols anotados em confrontos contra o Málaga.

Sem dúvidas, Iniesta se tornou um dos grandes personagens deste que é um dos maiores clássicos do mundo do futebol. E o capítulo final desta história será escrito a partir das 15h45 (no horário de Brasília) deste domingo. O jogo constitui a rodada de número 36 do Espanhol, que tem o Barça como campeão antecipado, com 86 pontos ganhos, e o Real como terceiro colocado, com 71.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade