PUBLICIDADE

Patrocinador nega participação em festa de Neymar

Empresa responsável por comemorações do craque diz que não viola protocolos determinados por autoridades

29 dez 2020 11h28
| atualizado às 11h47
ver comentários
Publicidade

A Red Bull, patrocinadora de Neymar, esteve presente nas últimas festas organizadas pelo craque para virada do ano na Bahia. No entanto, a marca parece querer se distanciar da polêmica comemoração organizada pelo atacante do PSG para a chegada de 2021.

Red Bull patrocinava as festas de Neymar na Bahia
Red Bull patrocinava as festas de Neymar na Bahia
Foto: Reprodução/Instagram

Questionada pelo Terra sobre uma possível participação no evento de Neymar em Mangaratiba, no Rio de Janeiro, em meio a pandemia do novo coronavírus, a empresa afirmou: "A Red Bull não promove eventos que possam violar os protocolos determinados pelas autoridades competentes". 

O 'Neyveillon' ou 'Neymarpalooza', como a festa foi apelidada nas redes sociais, foi revelada por Ancelmo Gois, do jornal O Globo. Segundo o colunista, a festa de Réveillon do camisa 10 da Seleção Brasileira começou na última sexta-feira, 25, e só terminará na virada do ano, na próxima sexta-feira. Uma banda foi contratada para tocar diariamente para os convidados do craque.

Nos últimos anos, a Red Bull bancou parte das despesas da estadia de Neymar e seus convidados em Maraú, na Bahia. O contrato de patrocínio também garante ao jogador a presença da marca em sua festa de aniversário, além de serviços de DJ e motoristas em outras duas datas ao longo do ano.

Neymar recebeu muitas críticas por organizar uma comemoração em um momento que o número de vítimas pelo novo coronavírus já ultrapassou 190 mil pessoas no Brasil. Apesar disso, o craque ainda não se manifestou. Nesta madrugada, ele postou story em que aparece jogando pôquer.

Fonte: Equipe portal
Publicidade
Publicidade