0

Futebol

"No Brasil, só jogo no Corinthians", avisa Paolo Guerrero

Reginaldo Castro / Gazeta Press
21 nov 2014
16h11
atualizado às 17h26
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Corinthians e Paolo Guerrero seguem negociando a renovação do vínculo contratual que se encerra em julho de 2015. As partes ainda não chegaram a um acordo, mas a vontade do centroavante é permanecer no Parque São Jorge. Ele próprio revelou que não trocaria o Corinthians por nenhum outro clube brasileiro.

<p>Guerrero afirma que não jogaria em nenhum outro time brasileiro</p>
Guerrero afirma que não jogaria em nenhum outro time brasileiro
Foto: Fernando Dantas / Gazeta Press

"Eu espero renovar. Como já falei várias vezes: eu gosto do Corinthians, gosto de morar em São Paulo, do carinho da torcida. A decisão agora passa pelo clube. Vamos esperar, estou tranquilo, vamos ver o que vai acontecer", afirmou o camisa 9.

"No Brasil, só jogaria no Corinthians. Não tem jeito de jogar por outro time. Tenho muito desejo de ficar aqui, mas a decisão já não passa mais por mim", completou o jogador, que poderá assinar um pré-contrato com qualquer agremiação em janeiro do próximo ano.

Nos bastidores a informação é de que a pedida salarial de Guerrero foi acima dos padrões brasileiros, algo que foi falado até pelo candidato da situação, Roberto de Andrade, em recente entrevista. Questionado sobre o "peso" da pedida salarial na balança, ele respondeu. "Balança? Não medi, não tenho balança", disse, sorrindo.

O craque aproveitou para falar da boa posição do time no campeonato - neste momento ocupa a terceira colocação -, além da vaga na Copa Libertadores da América do próximo ano, que ficou mais próxima depois da última rodada.

"Espero que o São Paulo caia e a gente consiga ficar com a segunda colocação", afirmou o atacante, que rechaçou a vaga na Libertadores 2015 como peso fundamental para a permanência dele. "Para mim é claro: não vai influenciar. Independente de Libertadores, quero ficar aqui", finalizou.

Fonte: Lancepress! Lancepress!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade