PUBLICIDADE

Libertadores

Fábio agradece apoio da torcida do Cruzeiro após título da Libertadores pelo Fluminense

O goleiro relembrou a torcida do seu antigo clube e agradeceu o apoio dos cruzeirenses

5 nov 2023 - 12h49
(atualizado às 12h49)
Compartilhar
Exibir comentários
Fábio conquistou a Libertadores pelo Fluminense e agradeceu apoio de torcedores do Cruzeiro
Fábio conquistou a Libertadores pelo Fluminense e agradeceu apoio de torcedores do Cruzeiro
Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC / Esporte News Mundo

Após a primeira conquista histórica da Copa Libertadores da América pelo Fluminense no último sábado (4), o goleiro Fábio, personagem essencial na conquista, agradeceu a torcida do Cruzeiro pelo apoio. O jogador foi quem mais vestiu a camisa da Raposa, e viu inúmeros cruzeirenses declararem apoio ao ídolo celeste, que também buscava seu primeiro título continental na história.

Depois do título diante do Boca Juniors no Maracanã, quando o Tricolor bateu os argentinos por 2 a 1, Fábio relembrou seu passado, e expressou seu carinho pelos adeptos do Cruzeiro. Em entrevista realizada para o Canal ESPN, falou em gratidão por onde passou, e principalmente, aos torcedores da Raposa que o apoiaram.

- Agradeço a Deus e a todas as equipes [por onde passei], primeiramente o Vasco. Torcida cruzeirense, vocês estiveram torcendo e sabem do carinho que tenho por vocês. Gratidão sempre.

Fábio chegou ao Cruzeiro em 2000, mas teve um começo com poucas oportunidades, e acabou indo para o Vasco. Retornou ao clube em 2005 e chegou para ficar. Foi o defensor do clube até o final de 2021, mas acabou deixando a Toca por decisão da então nova gestão, pela SAF de Ronaldo Fenômeno, em uma saída polêmica que dividiu opiniões.

Durante os 976 jogos disputados, Fábio teve a sua primeira oportunidade de conquistar a Copa Libertadores em 2009 pela Raposa. Mas, na ocasião, o clube acabou perdendo a chance da conquista após ser derrotado para o Estudiantes-ARG em pleno Mineirão, por 2 a 1. Apesar de não ter levado a América pelo time estrelado, construiu uma passagem vitoriosa com dois Brasileirões e três Copas do Brasil, além de sete estaduais.

Após deixar o Cruzeiro, foi contratado pelo Fluminense no começo de 2022, e se tornou uma das peças mais importantes do Tricolor Carioca. Foi bicampeão Carioca (22/23) com o clube de Xerém, até conquistar a Libertadores na primeira vez em sua vida, com 43 anos de idade.

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade