3 eventos ao vivo

Jornal espanhol publica suposto último vídeo de Maradona

Ex-jogador acena para menino que morava em mesmo condomínio

27 nov 2020
13h59
atualizado às 14h13
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O jornal espanhol "As" publicou nesta sexta-feira (27) um vídeo em que Diego Armando Maradona caminha lentamente pelo bairro de San Andrés, na Argentina, onde estava morando desde que recebeu alta após passar por uma cirurgia no cérebro.

Maradona morreu aos 60 anos na Argentina
Maradona morreu aos 60 anos na Argentina
Foto: Sergio Perez / Reuters

O registro teria sido gravado em 24 de novembro, um dia antes do falecimento do ex-jogador, sendo assim, o último vídeo público do ídolo argentino.

Nas imagens, que duram cerca de 40 segundos, Maradona caminha com ajuda de outras duas pessoas e, ao ouvir o seu nome, gritado por um menino que mora nas redondezas, ele acena de volta para a criança. "Maradona me acenou", diz o pequeno, que está no colo da mãe.

A ida do "Pibe de Oro" para a residência no local é alvo de investigação das autoridades, que analisam se houve algum tipo de negligência médica. Isso porque, no momento do falecimento, não havia nenhum médico ou enfermeiro com o ex-craque de 60 anos, que foi atendido por um vizinho médico - mas ele já havia morrido.

Segundo a autópsia, a morte foi causada por uma "insuficiência cardíaca aguda", ocorrida em um paciente com "miocardiopatia dilatada", doença que impede o bombeamento adequado de sangue para o corpo. Conforme a análise, a insuficiência provocou um "edema agudo no pulmão". Os resultados dos testes toxicológicos ainda são aguardados.

O velório de Maradona na Casa Rosada, sede da Presidência da República, nesta quinta-feira (26) reuniu cerca de um milhão de pessoas e foi marcado por demonstrações de amor e também por bastante confusão. O corpo do argentino foi enterrado na noite de ontem no cemitério Jardín Bella Vista, nos arredores de Buenos Aires. 

Veja também:

Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade