PUBLICIDADE

Sem disputar uma partida, Gattuso é demitido da Fiorentina

Comandante italiano e clube tiveram divergências por conta do mercado de transferências

17 jun 2021 11h24
| atualizado às 11h31
ver comentários
Publicidade

No último dia 25 de maio, Gattuso era anunciado como novo técnico da Fiorentina. No entanto, o treinador italiano foi despedido do cargo nesta quinta-feira sem disputar uma única partida no comando da Viola. A saída está relacionada a divergências sobre o mercado de transferências.

"Fiorentina e Gattuso, em comum acordo, decidiram não dar segmento aos acordos anteriores e, portanto, não iniciar a próxima temporada juntos. O clube começou imeadiatamente a identificar uma escolha técnica que oriente a equipe da Viola para os resultados que a Fiorentina e a cidade de Florença merecem", disse o comunicado oficial do clube.

Gattuso está sem clube neste início de temporada (Foto: ALBERTO PIZZOLI / AFP)
Gattuso está sem clube neste início de temporada (Foto: ALBERTO PIZZOLI / AFP)
Foto: Lance!

Segundo a imprensa italiana, as divergências relacionadas ao mercado de transferências foram os principais problemas. Gattuso pediu as contratações de Sérgio Oliveira e Gonçalo Guedes, ambos atletas do empresário Jorge Mendes, assim como o técnico italiano. No entanto, a Fiorentina não aceitou o pedido do Porto e a relação entre as partes começou a ruir.

Neste momento, a Viola possui algumas opções em seu quadro para assumir o comando do time nos próximos dias. Rudi Garcia, ex-treinador do Lyon, Claudio Ranieri e Walter Mazzarri são algumas das opções após a precoce saída do italiano.

Lance!
Publicidade
Publicidade