PUBLICIDADE

Paulinho rescinde contrato com o chinês Guangzhou Evergrande

Meio-campista brasileiro afirmou que saída está relacionada a pandemia da Covid-19 e antecipa o fim de sua passagem na China

20 jun 2021 13h18
| atualizado às 14h22
ver comentários
Publicidade

Paulinho encerrou neste domingo sua passagem pelo Guangzhou Evergrande. O meio-campista brasileiro rescindiu seu contrato, que iria até 2022, de forma amigável e revelou que a pandemia da Covid-19 foi um dos motivos que antecipou sua saída da China.

Paulinho tinha contrato até 2022 (Foto: Divulgação/Confederação Asiática de Futebol)
Paulinho tinha contrato até 2022 (Foto: Divulgação/Confederação Asiática de Futebol)
Foto: Lance!

- Infelizmente, por conta da pandemia, anuncio minha saída do Guangzhou Evergrande. Se encerra um ciclo vitorioso, com títulos e respeito com o clube que acreditou em mim em 2015. Agradeço aos torcedores, pois foram anos inesquecíveis - disse o atleta.

Em sua passagem pelo futebol chinês, o ex-meia do Corinthians conquistou oito títulos pelo Guangzhou Evergrande. Foram quatro Campeonatos Chineses, uma Champions League da Ásia, uma Taça da China e duas Supercopas Chinesas.

Paulinho chegou ao futebol asiático em 2015 após passagem pelo Tottenham. Nesse período, o brasileiro interrompeu sua estadia na China por conta da ida para o Barcelona em 2017, mas retornou em 2019. Com a camisa do Guangzhou, o meia fez 176 jogos e marcou 75 gols.

Lance!
Publicidade
Publicidade