0
Logo do Liga Europa
Foto: terra

Liga Europa

Sevilla vira sobre o Liverpool e garante tri da Liga Europa

18 mai 2016
17h44
atualizado às 17h58
  • separator
  • comentários

Com direito a festa de abertura com apresentação de dançarinos e show de torcedores, o Sevilla bateu o Liverpool nesta quarta-feira por 3 a 1 e faturou o tricampeonato da competição e o quinto de sua história. Em jogo realizado no St. Jakob-Park, na cidade suíça da Basiléia, os Reds saíram na frente, mas não conseguiu segurar o Sevilla, que pôde contar com a estrela de Coke, que fez dois gols e com Gameiro, que também deixou o dele.

Foto: EFE

Apesar da derrota, a equipe inglesa mostrou um bom futebol e lutou pelo triunfo até o fim. A emoção deste encontro, somada à qualidade técnica apresentada, serviu para consolidar a importância da competição para a temporada na Europa.

Com a conquista, o Sevilla garantiu vaga direta na próxima edição da Liga dos Campeões, uma vez que o próximo campeão da Champions – a decisão será disputada no dia 28 de maio, entre Atletico e Real Madrid –  já assegurou sua participação no torneio, pela posição alcançada no Campeonato Espanhol.

Esta foi a 16ª vez que a Liga Europa é conquistada por um time da terra do Rei, que acumula seis taças a mais do que os segundo colocados Inglaterra e Itália, com 10 títulos do torneio.

O destaque negativo do espetáculo, porém, ficou por conta de uma briga entre torcedores dos dois times, que dividiam um mesmo setor dentro do estádio e começaram a se agredir com socos e ponta pés. Como foi pequeno o número de envolvidos, a confusão durou pouco tempo e foi rapidamente controlada pela polícia.

Começo truncado na grande decisão, com as equipes tendo muita dificuldade para criar jogadas, e parando em eficientes sistemas defensivos. Em geral, o começo do confronto foi marcado por exagero nas divididas e só esquentou, no que diz respeito a qualidade técnica, aos 24 minutos, com Soria fazendo grande defesa após chute cruzado de Sturidge.

Os Nervionenses também tiveram sua primeira boa chance sete minutos depois, com Gameiro mandando para fora após acertar bela bicicleta. Com o jogo aberto, foi o Liverpool que conseguiu converter sua primeira oportunidade, aproveitando o talento de seu camisa 15, que emendou um belo chute de trivela da entrada da área, matando o goleiro.

Após o primeiro gol, o duelo esfriou, mas os Reds seguiram ligeiramente superiores, tiveram boas chances, mas não conseguiram ampliar a vantagem e foram para o intervalo triunfando pela vantagem mínima.

A supremacia do Sevilla no torneio europeu parece que resolver vir à tona apenas na segunda etapa. Logo no primeiro minuto, o clube da Andaluzia contou com uma jogada espetacular do lateral brasileiro Mariano, que aplicou uma caneta no marcador, costurou pelo lado direito e, entrando na grande área, deu um passe primoroso para Kevin Gameiro só empurrar para as redes e empatar o jogo.

O gol foi responsável por deixar a equipe inglesa desnorteada, dando muitos espaços na defesa e pouco produtiva no campo de ataque. Este panorama foi muito bem aproveitado pelos espanhóis, que, além de virar, aumentaram a diferença no placar com Coke fazendo lindo gol aos 18 minutos e aproveitando um vacilo da defesa aos 24 minutos.

Lutando por pelo menos levar o encontro à prorrogação, o Liverpool foi todo ataque pelo decorrer da partida. Coube ao Sevilla administrar o tempo e segurar as investidas do oponente, conseguindo, assim, fechar a vitória por 3 a 1 e erguer o caneco.

FICHA TÉCNICA

LIVERPOOL-ING 1 X 3 SEVILLA-ESP

Local: Estádio St. Jakob-Park, na Basiléia (Suíça)

Data: 18 de maio de 2016 (Quarta-feira)

Horário: 15h45 (de Brasília)

Árbitro: Jonas Eriksson (Suécia)

Público:

Renda:

Cartões Amarelos: Lovren e Clyne (Liverpool); Vitolo, Bánega, Rami e Mariano 

Cartões Vermelhos:

Gols:

LIVERPOOL: Sturridge, aos 35 minutos do primeiro tempo

LIVERPOOL: Simon Mignolet, Nathaniel Clyne, Kolo Touré, Dejan Lovren, Emre Can e Alberto Moreno; James Milner, Adam Lallana e Philippe Coutinho; Daniel Sturridge e Roberto Firmino

Técnico: Jürgen Klopp

SEVILLA: David Soria, Escudero, Adil Rami, Daniel Carriço, e Mariano Ferreira; Coke, Timothée Kolodziejczak, Steven N’Zonzi e Éver Banega; Vitolo e Kevin Gameiro

Técnico: Unai Emery

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • comentários
publicidade