PUBLICIDADE

Liga dos Campeões

Xavi critica arbitragem em eliminação: 'Desastre'

Treinador do Barcelona questiona expulsão de Ronald Araújo e critica atuação de árbitro

16 abr 2024 - 19h58
(atualizado às 19h58)
Compartilhar
Exibir comentários
Técnico Xavi, do Barcelona, em coletiva de imprensa de Liga dos Campeões da Europa
Técnico Xavi, do Barcelona, em coletiva de imprensa de Liga dos Campeões da Europa
Foto: Esporte News Mundo

O técnico Xavi criticou a arbitragem do duelo entra Barcelona e PSG pelas quartas de final da Liga dos Campeões da Europa. O treinador questionou a expulsão do zagueiro Ronald Araújo, que foi fundamental para dar início à virada - e à goleada - do time francês, por 4×1, em pleno Estádio Olímpico de Montjuic, na Catalunha. O ídolo blaugrana ainda afirmou que a decisão do árbitro István Kovács, da Romênia, foi desastrosa.

"Estamos contrariados. A expulsão marcou a eliminatória. Estávamos organizados. Para mim foi demais dar o cartão vermelho. A jogada marca o confronto por completo. É uma pena que o trabalho de toda uma temporada fique aqui, por uma decisão de arbitragem. O árbitro esteve muito mal, eu disse isso, não entende do jogo. Com 10 jogadores é muito complicado. Não podemos ficar em silêncio. Ele mudou o jogo e o confronto. Foi um desastre", disparou Xavi.

Além das críticas à arbitragem, Xavi aproveitou para elogiar o rendimento do time do Barcelona, mesmo com um jogador a menos. O treinador exaltou as chances criadas pela equipe no jogo de volta.

"Tenho muito orgulho do nosso time, que lutou demais durante todo a partida. No futebol de hoje, jogar com 10 jogadores é muito complicado, principalmente, considerando o nível da equipe do Paris Saint-Germain. Mesmo assim, tentamos até o fim, tivemos muitas chances, mas é uma pena que o trabalho de toda uma temporada fique aqui, por uma decisão de arbitragem", completou o técnico.

Xavi pode se despedir sem títulos na temporada

Em clima de despedida, o técnico Xavi deve deixar o Barcelona sem conquistar títulos nesta temporada. Eliminado da Champions e da Copa do Rei, o Barça está oito pontos atrás do Real Madrid, a sete rodadas do fim de La Liga e terá que torcer por uma sequência de tropeços do maior rival para conseguir o título nacional.

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade