PUBLICIDADE

Liga dos Campeões

PSG atropela Barcelona e avança na Champions

Em noite de Mbappé e Dembelé, Paris faz 4x1 no Barcelona, em plena Catalunha, e enfrentará Borussia na semifinal

16 abr 2024 - 18h28
(atualizado às 18h34)
Compartilhar
Exibir comentários
Mbappé celebra gol pelo PSG contra o Barcelona na Liga dos Campeões da Europa
Mbappé celebra gol pelo PSG contra o Barcelona na Liga dos Campeões da Europa
Foto: Esporte News Mundo

O Paris Saint-Germain está na semifinal da Liga dos Campeões da Europa. A equipe francesa goleou o Barcelona por 4×1, no Estádio Olímpico de Montjuic, na Catalunha, e garantiu a classificação. Em mais um confronto marcado por viradas e erros defensivos, o time de Mbappé foi superior e se aproveitou não só do talento do atacante francês como também da expulsão precoce do zagueiro Ronald Araújo.

E a carruagem se torna abóbora novamente

Com a vantagem do empate, o Barcelona teve um início de conto de fadas. No primeiro lance de perigo da partida, os Culés abriram o placar com Raphinha, que completou ótima jogada de Lamine Yamal. Porém, o que poderia ser um jogo confortável, virou drama. O PSG começou a tomar as rédeas da partida e assustou em duas chegadas de Mbappé. Mas coube ao garoto Barcola tornar o sonho blaugrana em pesadelo.

Em boa arrancada, o jovem atacante foi derrubado por Ronald Araújo na entrada da área, o que gerou a expulsão do zagueiro do Barcelona. Com um a menos, os Culés desanimaram e deram tempo e espaço para o Paris empatar. Em outra jogada de Barcola, Dembelé teve tranquilidade para fazer o primeiro da equipe francesa, nos minutos finais da etapa inicial.

PSG atropela e garante vaga

Precisando vencer e com um a mais, o PSG se lançou ao ataque e colheu frutos. Logo aos 8', Vitinha chutou firme da entrada da área, sem chances para Ter Stegen e virou o jogo para o time francês. Após o segundo gol, o Barcelona se descontrolou. O técnico Xavi se revoltou com o árbitro da partida e foi expulso, dois minutos depois.

Três minutos após a expulsão do técnico, João Cancelo fez pênalti infantil em Dembelé. Coube a Mbappé assumir a responsabilidade e ampliar o placar em Montjuic. Desesperado, o Barcelona se lançou ao ataque. Com as entradas de Ferran Torres, João Félix e Fermín Lopez, os Culés queriam o gol que levaria a partida para a prorrogação. Mas o futebol é cruel.

Em bom contra-ataque puxado por Hakimi, Mbappé e Asensio viram Ter Stegen operar dois milagres antes da bola sobrar novamente para o Camisa 7 francês apenas completar para o gol. 4×1 e vitória maiúscula do Paris, que agora enfrentará o surpreendente Borussia Dortmund na semifinal da Liga dos Campeões.

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade