1 evento ao vivo

Campeonato Inglês

Histórico! Leicester ergue taça, faz festa e atropela mais 1

Getty Images
7 mai 2016
15h31
atualizado às 16h15
  • separator
  • comentários

A festa que marcou a entrega da taça de campeão inglês ao Leicester City não poderia acontecer de forma diferente: com vitória. Neste sábado, os Foxes carimbaram a conquista histórica no King Power Stadium com um triunfo de 3 a 1 sobre o Everton.

Foto: Getty Images

O artilheiro Vardy deixou sua marca duas vezes, chegou a 24 gols no Campeonato Inglês e ainda perdeu um pênalti. Além dele, o meia King, que está no clube desde 2006, balançou a rede. Nos minutos finais de jogo, Mirallas descontou para o Everton.

As duas equipes fecham sua participação na Premier League no próximo domingo. O Leicester, que chegou aos 80 pontos, pegará o Chelsea no Stamford Bridge. Já o Everton, que com a derrota caiu para 12º, receberá o Norwich City no Goodison Park, em Liverpool.

Foto: Getty Images

Festa começa com Andrea Bocelli e gol-relâmpago

A cidade de Leicester respirou comemorações desde o início do dia. Nas ruas e nos arredores do King Power Stadium, torcedores e simpatizantes do grande xodó do futebol mundial festejavam a conquista histórica, confirmada na segunda-feira passada com o empate do vice-líder Tottenham com o Chelsea.

Dentro de campo, o cantor italiano Andrea Bocelli pagou aposta prometida ao técnico Claudio Ranieri e cantou antes da entrada das equipes vestindo a nova camisa do Leicester para a próxima temporada.

Com a bola rolando, os campeões protagonizaram mais um show. Apenas cinco minutos foram necessários para os Foxes balançarem a rede. O meia King recebeu na direita e cruzou com precisão para o artilheiro Vardy empurrar para o fundo das redes e marcar seu 23º gol no Campeonato Inglês.

Foto: Getty Images

Veterano King e artilheiro Vardy decretam triunfo dos campeões

Com paciência, o Leicester deixava o Everton trocar passes e aproveitava o momento certo para armar os contra-ataques. Aos 10 minutos, King quase marcou o segundo, quando recebeu grande cruzamento de Mahrez e cabeceou para defesa do goleiro Robles.

Dentro de campo, o jogo deu uma esfriada nos minutos seguintes. Coube ao craque Mahrez tirar a monotonia do duelo aos 32 minutos, fazendo uma bela jogada individual que deu origem ao segundo gol, marcado por King. O camisa 10 é um dos grandes símbolos da conquista do Leicester e estava na equipe desde a disputa da terceira divisão, em 2009.

Foto: Getty Images

O começo do segundo tempo mostrou um Everton disposto a estragar a festa dos donos da casa. A equipe visitante pressionou nos primeiros minutos e obrigou o goleiro Schmeichel a trabalhar duas vezes, primeiro em um chute de Niasse de fora da área, e depois em uma tentativa de Lukaku.

Foto: Getty Images

O goleiro alemão voltou a sujar o uniforme aos 13 minutos, em mais uma tentativa de Lukaku, desta vez de cabeça, após cobrança de escanteio de Oviedo. A resposta do Leicester veio dois minutos depois, quando o lateral Fuchs apareceu como elemento-surpresa dentro da área e bateu para defesa de Robles.

No entanto, a tarde era de Jamie Vardy. O artilheiro do Leicester foi derrubado dentro da área por Pennington aos 19 minutos da etapa final e a arbitragem marcou pênalti. Na cobrança, o camisa 9 aumentou para 24 o número de gols na Premier League.

Foto: Getty Images

Vardy perde pênalti, e o Everton diminui

Os donos da casa não se contentaram com os 3 a 0 e queriam aumentar ainda mais a vantagem, transformando-a em goleada. Aos 25 minutos, Vardy teve uma chance de ouro para deixar o terceiro dele no jogo em mais um pênalti, desta vez, de Gibson em cima de Schlupp. No entanto, na cobrança, o atacante pegou mal na bola e isolou.

Porém, nada que azedasse a festa dos campeões, que continuaram tentando a goleada. Aos 30 minutos, Mahrez cobrou escanteio e Ulloa tocou de cabeça para fora. Cinco minutos depois, os jogadores repetiram o lance, desta vez com a bola rolando, mas Ulloa mandou ao lado do gol de Robles.

Antes do apito final, o Everton ainda teve tempo de marcar seu gol de honra. Aos 42 minutos, Mirallas fez grande jogada individual pela esquerda, deixou dois marcadores para trás e tocou na saída de Schmeichel para diminuir o prejuízo da equipe de Liverpool.

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images
Foto: Getty Images
Foto: Getty Images
Foto: Getty Images
Foto: Getty Images
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • comentários
publicidade