PUBLICIDADE

Guardiola rasga elogios a Neymar e relembra trio MSN: "Melhor que vi na vida"

27 abr 2021 13h32
| atualizado às 17h38
ver comentários
Publicidade

Durante coletiva na véspera do duelo de ida das semifinais da Liga dos Campeões entre PSG e Manchester City, nesta terça-feira, o técnico Pep Guardiola falou sobre o novo confronto com Neymar e não poupou elogios ao brasileiro.

"É uma alegria ver Neymar no campo. Como espectador, me divirto muito toda vez que o vejo. É legal ver a plasticidade do estilo dele e sua personalidade. Ele tem o Brasil nas costas. Não é fácil vestir a camisa 10 da Seleção Brasileira. Eu desejo que ele tenha estabilidade, não tenha mais lesões, que possa jogar com uma regularidade que não foi possível por diversos motivos", disse o espanhol.

Está será a sétima vez que Guardiola e Neymar se encontram na carreira, entre Mundial de Clubes de 2011 e Champions League. Campeão da competição europeia pelo Barcelona na temporada 2014/2015, Neymar eliminou o Bayern de Munique, treinado por Pep, na semifinal daquela edição.

Guardiola não escondeu o lado de torcedor pela equipe catalã ao falar sobre o craque brasileiro. O treinador admitiu que Neymar teria conquistado mais títulos europeus caso tivesse ficado na Espanha.

"Eu sou um grande admirador dele. Acho que ele faz o nosso futebol ser melhor. Tenho quase certeza que se Neymar tivesse ficado mais tempo no Barcelona, eles venceriam mais duas ou três Liga dos Campeões. Esses três eram imparáveis (Neymar, Lionel Messi e Luis Suárez). O melhor trio de ataque que vi na vida", revelou.

Guardiola ainda revelou um bastidor sobre a final do Mundial de Clubes de 2011 entre Barcelona e Santos. O treinador falou sobre a preparação para encarar o Peixe e que mostrou muitos vídeos de Neymar para o elenco catalão antes da decisão.

"Antes daquela partida lembro de mostrar 10 ou 15 para os jogadores do Neymar. Disse aos meu jogadores que aquele era o Rei do Santos. Todos eles ficaram boquiabertos. Pensaram: 'meu Deus do céu, que jogador'. É uma alegria ver ele jogar", admitiu.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade