PUBLICIDADE

Torcedores sem ingresso tentam invadir Wembley antes da final da Eurocopa

Grupo de fãs passou pelo cordão de segurança, causando o fechamento de portões ao redor do estádio

11 jul 2021 15h48
| atualizado às 16h31
ver comentários
Publicidade

A pouco menos de duas horas da final da Eurocopa entre Itália e Inglaterra, um grupo de torcedores sem ingresso tentou invadir o estádio de Wembley, em Londres. Segundo informações do The Daily, os aficionados estavam perto da entrada do Clube Wembley e ultrapassaram o cordão de segurança. Como resultado, os stewards, responsáveis pela organização do evento, começaram a perseguir o grupo. Para acessar as arquibancadas, os invasores ainda precisam passar pelas catracas.

Mais cedo, aglomerações de apoiadores tentando aproveitar o ambiente da final foram registradas nas redes sociais. Vale lembrar que as autoridades inglesas haviam demonstrado preocupação com a reunião de torcedores perto de Wembley, e como isso pode afetar a situação da pandemia na capital e no país.

Apesar disso, os ingleses fazem uma festa bonita cantando os três hinos que escolheram para essa Euro. Além da famosa 'It's coming home', os fãs também entoam uma versão da música 'Whole Again', do grupo Atomic Kitten, e 'Sweet Caroline', do cantor Neil Diamond. Essa é a primeira final da seleção inglesa desde a Copa do Mundo de 1966, onde a equipe venceu a Alemanha Ocidental por 4 x 2.

Até o dia 9 de julho, a média de casos de covid-19 por semana na Inglaterra era de aproximadamente 25 mil. No caso das mortes, o número é de apenas 21. Para a final desse domingo, o Reino Unido liberou cerca de mil ingressos para os visitantes, que ficaram em uma 'bolha' na chegada a Londres e voltarão à Itália após a partida. A previsão é de que 66 mil pessoas estejam presentes para acompanhar o duelo.

Em um comunicado, Wembley disse que os invasores não entraram no estádio. O Daily Telegraph observou pessoas 'entrando pelos fundos', provavelmente sem ingressos, e falou com testemunhas que viram uma situação similar. No entanto, a rádio Talk Sport confirmou que a segurança do local tomou medidas para evitar que os infratores consigam passar pelas outras entradas.

A Uefa também se pronunciou dizendo que "os torcedores têm pulado barreiras, mas não conseguiram acesso ao estádio, então não há preocupação de que algum protocolo seja acionado para o fechamento deste estádio. Não há preocupação de que esta final não vá adiante", garantiu a instituição.

Estadão
Publicidade
Publicidade