PUBLICIDADE

Eurocopa

Eurocopa 2024: conheça as seleções do Grupo C

Inglaterra é a favorita. Dinamarca, Sérvia e Eslovênia completam o grupo

14 jun 2024 - 08h00
(atualizado às 10h16)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Jogada10 - Legenda: Seleções do Grupo C da Eurocopa / Jogada10

Vice-campeã da edição de 2020, a Inglaterra carrega o favoritismo no Grupo C e é apontada como candidata ao título da Eurocopa deste ano. A seleção inglesa, que busca encerrar o jejum de 58 anos com o inédito título europeu, estreia contra a Sérvia, neste domingo (16), às 16h (de Brasília), em Gelsenkirchen. A chave ainda conta com Eslovênia e Dinamarca, que se enfrentam no mesmo dia, às 13h, em Stuttgart. Veja abaixo as principais informações sobre o Grupo C:

Jogos do Grupo C

16/6 - Eslovênica x Dinamarca - 13h

16/6 - Sérvia x Inglaterra - 16h

20/6 - Eslovênia x Sérvia - 10h

20/6 - Dinamarca x Inglaterra - 13h

25/6 - Dinamarca x Sérvia -  16h

25/6 - Inglaterra x Eslovênica - 16h

OBS: As emissoras que tês os direitos de transmissão são: TV Globo, CazeTV e SporTV

Eslovênia

Após 24 anos, a Eslovênia voltou a disputar a Eurocopa. Os eslovenos conseguiram a classificação após ficar em segundo lugar no Grupo H das Eliminatórias da Euro. Na única participação em 2000, não passou da fase de grupos. Apesar do favoritismo da Inglaterra na chave, a seleção eslovena acredita ser possível brigar por uma vaga nas oitavas de final. O principal nome da equipe é o goleiro Jan Oblak, do Atlético de Madrid, da Espanha.

Convocados

Goleiros: Jan Oblak (Atletico Madrid), Vid Belec (APOEL) e Igor Vekic (Vejle)

Defensores: Zan Karnicnik (Celje), Jure Balkovec (Alanyaspor), Miha Blazic (Lech Poznan), Jaka Bijol (Udinese), Erik Janza (Gornik Zabrze), Petar Stojanovic (Sampdoria), Vanja Drkusic (Sochi) e David Brekalo (Orlando City)

Apoiadores: Jon Gorenc Stankovic (Sturm Graz), Benjamin Verbic (Panathinaikos), Sandi Lovric (Udinese), Timi Max Elsnik (Olimpija Ljubljana), Jasmin Kurtic (Sudtirol), Tomi Horvat (Sturm Graz), Adam Gnezda Cerin (Panathinaikos), Nino Zugelj (Bodo/Glimt) e Adrian Zeljkovic (Spartak Trnava)

Atacantes: Josip Ilicic (Maribor), Andraz Sporar (Panathinaikos), Benjamin Sesko (RB Leipzig), Zan Celar (Lugano), Jan Mlakar (Pisa) e Zan Viptonik (Bordeaux)

Dinamarca

Campeã europeia em 1992, a Dinamarca disputará a Eurocopa pela 10ª vez na história. Após a conquista do título europeu, a seleção dinamarquesa obteve o seu melhor resultado na edição de 2020, quando foi semifinalista - dois anos após chegar às oitavas da Copa do Mundo. Nas Eliminatórias, a "Dinamáquina" liderou o Grupo H, superando a Eslovênia - que está no mesmo grupo - no critério de desempate. A equipe conta com nomes como o goleiro Kasper Schmeichel, filho do ex-goleiro Peter Schmeichel campeão europeu em 1992, além do meia Christian Eriksen e do atacante Rasmus Hojlund, do Manchester United.

Convocados

Goleiros: Kasper Schmeichel (Anderlecht), Frederik Ronnow (Union Berlin) e Mads Hermansen (Leicester)

Defensores: Simon Kjaer (AC Milan), Andreas Christensen (Barcelona), Joakim Maehle (Wolfsburg), Jannik Vestergaard (Leicester), Joachim Andersen (Crystal Palace), Rasmus Kristensen (Roma), Victor Nelsson (Galatasaray), Victor Kristiansen (Bologna) e Alexander Bah (Benfica)

Apoiadores: Christian Eriksen (Manchester United), Thomas Delaney (Anderlecht), Pierre-Emile Hojbjerg (Tottenham), Mathias Jensen (Brentford), Christian Norgaard (Brentford) e Morten Hjulmand (Sporting Lisbon)

Atacantes: Yussuf Poulsen (RB Leipizg), Kasper Dolberg (Anderlecht), Andreas Skov Olsen (Club Brugge), Jonas Wind (Wolfsburg), Mikkel Damsgaard (Brentford), Rasmus Hojlund (Manchester United), Jacob Bruun Larsen (Hoffenheim) e Anders Dreyer (Anderlecht)

Sérvia

Após 24 anos, a Sérvia volta a disputar a Eurocopa. Será a primeira participação desde que se tornou um país independente com o fim da Iugoslávia - que foi vice-campeã em 1960 e 1968. Apesar da ausência nas últimas cinco edições da Euro, a Sérvia esteve presente em quatro das últimas cinco Copas do Mundo, mas não passou da primeira fase. No Mundial de 2006, disputou como Sérvia e Montenegro, antes do país vizinho declarar independência. Nas competições seguintes, foi somente Sérvia. Nas Eliminatórias da Euro de 2024, se classificou em segundo lugar no Grupo G, jogando Montenegro para a repescagem. Os principais nomes da equipe são os meias Milinkovic-Savic e o atacante Mitrovic, do Al Hilal, da Arábia Saudita, e o centroavante Vlahovic, da Juventus, da Itália.

Convocados

Goleiros: Predrag Rajković (Mallorca), Vanja Milinković-Savić (Torino) e Đorđe Petrović (Chelsea)

Defensores: Nikola Milenković (Fiorentina), Strahinja Pavlović (Red Bull Salzburg), Filip Mladenović (Panathinaikos), Miloš Veljković (Werder Bremen), Uroš Spajić (Red Star Belgrade), Srđan Babić (Spartak Moscow) e Nemanja Stojić (TSC)

Apoiadores: Nemanja Gudelj (Sevilla), Dušan Tadić (Fenerbahçe), Filip Kostić (Juventus), Sergej Milinković-Savić (Al Hilal), Nemanja Maksimović (Getafe), Saša Lukić (Fulham), Andrija Živković (PAOK), Mijat Gaćinović (AEK Athens), Ivan Ilić (Torino), Srđan Mijailović (Red Star Belgrade), Lazar Samardžić (Udinese) e Veljko Birmančević (Sparta Prague)

Atacantes: Aleksandar Mitrović (Al Hilal), Luka Jović (Milan), Dušan Vlahović (Juventus) e Petar Ratkov (Red Bull Salzburg)

Inglaterra

Após perder o título da Eurocopa de 2020 dentro de casa, em Wembley, a Inglaterra busca o primeiro título europeu na edição de 2024. A seleção inglesa disputa a Euro pela 11ª vez na história e tenta encerrar um jejum de 58 anos, que dura desde a conquista da Copa do Mundo de 1966, quando foi anfitriã. No caminho à Euro deste ano, venceu 6 de 8 jogos e liderou o Grupo C das Eliminatórias. O English Team chega na Alemanha sendo cotado como um dos favoritos ao título e aposta as fichas no talento do meia Jude Bellingham, do Real Madrid, e no faro de gol do centroavante Harry Kane, do Bayern de Munique.

Convocados

Goleiros: Jordan Pickford (Everton), Dean Henderson (Crystal Palace) e Aaron Ramsdale (Arsenal)

Defensores: Kyle Walker (Manchester City), Ezri Konsa (Aston Villa), Luke Shaw (Manchester United), Kieran Trippier (Newcastle United), Joe Gomez (Liverpool), John Stones (Manchester City), Lewis Dunk (Brighton) e Marc Guehi (Crystal Palace)

Apoiadores: Trent Alexander-Arnold (Liverpool), Declan Rice (Arsenal), Adam Wharton (Crystal Palace), Kobbie Mainoo (Manchester United), Conor Gallagher (Chelsea), Jude Bellingham (Real Madrid) e Eberechi Eze (Crystal Palace)

Atacantes: Harry Kane (Bayern Munich), Ivan Toney (Brentford), Jarrod Bowen (West Ham United), Anthony Gordon (Newcastle United), Ollie Watkins (Aston Villa), Cole Palmer (Chelsea), Bukayo Saka (Arsenal) e Phil Foden (Manchester City)

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Jogada10
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade