1 evento ao vivo

Campeonato Espanhol

Real Madrid pode contratar De Gea para substituir Casillas

Shaun Botterill / Getty Images
16 mai 2015
10h12
atualizado às 10h31
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

David de Gea está apalavrado com o Manchester United. É o que informou na manhã deste sábado o jornal espanhol Marca. Segundo a publicação, o goleiro do Manchester United, visto como o substituto de Casillas na meta da seleção espanhola, também tomará o posto de Iker no clube merengue.

Como o arqueiro tem contrato com o clube inglês até 2016, o presidente do Real, Florentino Pérez, deverá desembolsar uma grande quantia, que supõe-se girar em torno de 40 milhões de euros (pouco mais de R$ 136 milhões). Entretanto, mesmo que tenha que pagar uma grande multa, Pérez não deve esperar até o próximo ano para tentar contratar o goleiro, visto como prioridade no Santiago Bernabéu.

Outro fator que pesa é a vontade do atleta, que chegou a negar uma proposta salarial de 7,5 milhões de euros para renovar com os ingleses. Além disso, seu representante, o português Jorge Mendes, tem uma boa relação tanto com o presidente Pérez como com os donos do United. Tanto que o empresário foi fator crucial para duas negociações milionárias envolvendo os dois clubes nos últimos anos: a ida de Cristiano Ronaldo a Madri, em 2009, e a contratação de Di María por parte dos ingleses após a Copa do Mundo de 2014.

Aos 25 anos, De Gea iniciou a carreira no Atlético de Madrid e, em 2011, foi contratado pelo United por 20 milhões de euros. Na ocasião, o Real chegou a pensar em sondar o atleta. Entretanto, não houve nem a abertura das negociações já que Florentino Pérez mantém um "pacto de não-agressão" com os rivais da capital da Espanha.

Casillas está em baixa no Real Madrid
Casillas está em baixa no Real Madrid
Foto: Dani Pozo / AFP

Com a palavra, Van Gaal

Nesta sexta-feira, o técnico do United, Louis Van Gaal, comentou sobre a possível saída de De Gea de sua equipe. Para o holandês, a decisão não depende nem do clube inglês nem dele próprio, mas sim do jogador.

"Quando me perguntam isso (sobre a continuidade de De Gea), não depende do Manchester United e nem de mim, porque queremos que ele assine. Para que ele assine, ele tem que querer ficar aqui no United. Não sei porque (ainda não decidiu). Não posso dizer o que ele está dizendo para mim. Nós queremos que ele fique e esperamos conseguir o acerto", comentou o treinador, que evitou alarde sobre contratações ao final da temporada.

"Transferências são um processo, não é só o desejo, 'eu quero e o jogador vem'. Sempre há três partes envolvidas: o jogador, o clube e nós. Não é tão fácil", disse Van Gaal, que finalizou reforçando seu desejo de balancear o elenco, e não enchê-lo de novos jogadores. "Não é uma questão sobre quão maior é o número de atletas que você tem no elenco, e sim quão balanceado ele é. Quando você tem dois jogadores de nível semelhante para cada posição, aí sim fico feliz", completou.

Terra vive a experiência de um jogo de futebol nos EUA

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade