1 evento ao vivo

Com gol de Messi e pintura de Suárez, Barcelona goleia Sevilla

6 out 2019
18h06
atualizado às 18h32
  • separator
  • 0
  • comentários

O Barcelona goleou o Sevilla na tarde deste domingo, em partida válida pela oitava rodada do Campeonato Espanhol. Atuando diante de sua torcida no Camp Nou, o time blaugrana não tomou conhecimento do adversário e saiu de campo com a vitória por 4 a 0, graças aos gols de Luis Suárez, Arturo Vidal, Dembelé e Lionel Messi.

Com o resultado, o Barça foi à segunda colocação na tabela, figurando atrás apenas do Real Madrid, líder com 18 pontos - Messi, Suárez e companhia somam 16. O próximo compromisso do clube catalão no Campeonato Espanhol será contra o Eibar, fora de casa, no próximo sábado. Já o Sevilla terá de recuperar o prejuízo contra o Levante, no próximo domingo, em casa.

Suárez marcou de bicicleta para o Barça.
Suárez marcou de bicicleta para o Barça.
Foto: Albert Gea / Reuters

O jogo

Precisando não deixar o Real Madrid desgarrar na liderança do Campeonato Espanhol, o Barcelona foi para cima do Sevilla desde o começo do jogo e aos 26 minutos abriu o placar com um golaço de Luis Suárez. O camisa 9 uruguaio recebeu cruzamento da esquerda e finalizou de bicicleta, sem qualquer chance para o goleiro adversário.

Cinco minutos depois, foi a vez de Arturo Vidal ampliar o placar no Camp Nou. Arthur recebeu no bico da grande área e cruzou à meia-altura para Arturo Vidal, que, de carrinho, completou para o gol, mudando a trajetória da bola de surpresa e "matando" o goleiro Vaclik.

Com 2 a 0 ao seu favor, o Barcelona não se acomodou e precisou de apenas três minutos para fazer o terceiro. Aos 34, Arthur aproveitou o vacilo na saída de bola do Sevilla para fazer o desarma já tocando para Dembelé, que avançou, driblou o zagueiro e bateu no cantinho.

Segundo tempo

Tendo de correr atrás de um grande prejuízo sofrido no primeiro tempo, o Sevilla voltou disposto a tentar ao menos o empate na etapa complementar. Logo aos três minutos, por pouco que os visitantes não diminuíram com De Jong, que roubou a bola de Arthur e chutou rasteiro, carimbando a trave do goleiro Ter Stegen. Depois, aos sete, foi a vez de Reguilón aplicar um rolinho em Vidal e bater de fora da área, mas o goleiro do Barcelona fez outra intervenção.

O Barcelona, por sua vez, não viu necessidade de continuar se impondo da mesma maneira que fez no primeiro tempo. Administrando a partida, os donos da casa só não chegaram ao quarto gol porque Vaclik fez grande defesa em jogada individual de Messi, que arrancou em velocidade e bateu cruzado.

Se não deu para Messi aos 14, melhor aos 33 minutos, quando o argentino cobrou falta por cima da barreira, sem chances para Vaclik, transformando a elástica vitória em goleada no Camp Nou e "fechando o caixão" do Sevilla na capital da Catalunha.

Veja também:

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade