0

Juventus bate Inter com gols argentinos e assume a liderança

Velha Senhora acaba com a invencibilidade da principal rival na luta pelo título, que estava 100% no Campeonato Italiano

6 out 2019
17h57
atualizado às 18h05
  • separator
  • 0
  • comentários

A Juventus venceu a Inter de Milão por 2 a 1 e acabou com a invencibilidade da principal rival na luta pelo título, que estava 100% no Campeonato Italiano. Com gols de Dybala e Híguain, a equipe de Turim venceu, chegou aos 19 pontos e tomou a liderança da Inter, que permanece com 18. O gol da equipe da casa foi marcado pro Lautaro Martínez, de pênalti.

Dybala deixou o dele aos três minutos de jogo (Foto: AFP)
Dybala deixou o dele aos três minutos de jogo (Foto: AFP)
Foto: LANCE!

A Juventus chegou ao seu primeiro gol logo aos três minutos de jogo. Cristiano Ronaldo tentou o giro entre três marcadores, foi derrubado e pediu falta. O árbitro mandou que o jogo seguisse e abola caiu com Pjanic que deu um lindo passe em profundidade para Dybala, que recebe e chuta sem chances para o goleiro da Inter de Milão.

Acostumada com um futebol ofensivo, a Juve não se acomodou com o gol e partiu para o ataque com Cristiano Ronaldo. O português avançou pela esquerda e chutou para o gol, acertando o travessão. Aos 16, foi a vez da Inter chegar com perigo e conseguir um pênalti. Barella fez cruzamento procurando Lautaro Martínez e a bola acabou batendo no braço de De Ligt, que estava marcando o atacante na jogada.

O árbitro recebeu confirmação da penalidade pelo VAR e Lautaro partiu para a cobrança, colocando a bola no canto direito do goleiro Szczesny, empatando a partida. Já no fim do primeiro tempo, Cristiano Ronaldo chegou com perigo novamente e marcou o que seria o segundo gol da Velha Senhora. No entanto, o gol foi anulado já que Dybala recebeu em impedimento antes de fazer a assistência para CR7.

A Juve chegou ao segundo gol aos 34 minutos do segundo tempo após bela triangulação próxima da meia-lua entre Cristiano Ronaldo, Betancur e Higuaín. O Português da bom passe para o uruguaio, que toca em profundidade para Higuaín. Mesmo pressionado pela zaga, o argentino toma à frente, chuta cruzado e marca o gol da vitória.

Veja também:

 

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade