PUBLICIDADE

Real Madrid

Atlético de Madrid vence na prorrogação e elimina o Real Madrid na Copa do Rei

Com direito a prorrogação, time colchonero conseguiu superar os merengues.

18 jan 2024 - 20h18
(atualizado às 20h46)
Compartilhar
Exibir comentários
Griezmann fez um belo gol na vitória do Atlético de Madrid
Griezmann fez um belo gol na vitória do Atlético de Madrid
Foto: THOMAS COEX/AFP via Getty Images / Esporte News Mundo

Em jogo válido pela fase de oitavas de final da Copa do Rei, o Atlético de Madrid recebeu o Real Madrid, nesta quinta-feira, 18, no Estádio Cívitas Metropolitano. Em um jogo com muitos gols, o Atlético de Madrid levou a melhor já na prorrogação. O placar de 4 a 2 foi com gols de Samuel Lino, Morata, Griezmann e Riquelme; Pelo Real Madrid marcaram Oblak (contra) e Joselu.

A primeira chance de perigo do jogo veio aos dez minutos, quando Bellingham passou por dois marcadores e chutou. A bola pegou na marcação, bateu na trave e sobrou para Vinícius Júnior, que chutou pra fora. Aos 19 quase veio o primeiro do Real Madrid em lances de Vini Júnior, mas Oblak salvou de maneira sensacional.

O Atlético de Madrid levou o primeiro perigo aos 21, quando Rodrigo De Paul cabeceou e Lunin fez a defesa. Aos 23, Morata tentou de bicicleta, mas novamente o goleiro do Real Madrid defendeu.

Até que aos 38 minutos, após bola cruzada na área, Rudiger tentou afastar, mas não conseguiu. O brasileiro Samuel Lino apareceu livre na segunda trave e se esticou para completar para o gol: Atlético de Madrid 1 a 0.

Nos acréscimos, o Real Madrid empatou. Modric cobrou falta para a área, o goleiro Oblak saiu errado e acabou mandando a bola contra o próprio gol: 1 a 1 e placar final na primeira etapa.

Na volta para o segundo tempo, as equipes não tiveram mudanças. O Real Madrid teve boa chance logo com dois minutos, mas Hermoso afastou o perigo em jogada construída por Bellingham. O técnico Diego Simeone fez a primeira mudança em sua equipe aos dez minutos, mandando Molina no lugar de Saúl.

Aos 11, o Atlético de Madrid voltou a ficar em vantagem. Em jogada pela direita, Griezmann tentou passe, mas a bola pegou em Camavinga e foi na direção da defesa do Real Madrid. Lunin e Rudiger não se entenderam e a bola ficou limpara para Morata apenas chutar para o gol: Atlético de Madrid 2 a 1.

O terceiro gol quase saiu aos 20, quamdo Morata dominou e chutou de fora da área, mas a bola acabou subindo demais. Carlo Ancelotti fez então duas mudanças em sua equipe: Kroos e Brahím Díaz foram para os lugares de Modric e Mendy, respectivamente.

Depois de mais uma mudança, quando Tchouaméni entrou no lugar de Valverde, o Real Madrid teve outra boa chance. Aos 29, Brahim Díaz tocou para Rodrygo, que finalizou, mas a bola desviou na marcação e explodiu no travessão.

No lance seguinte, o Atlético de Madrid respondeu. Samuel Lino deu passe para Griezmann e o francês bateu para boa defesa de Lunin. No Real Madrid, Ancelotti fez outra mudança, desta vez com a entrada de Joselu no lugar de Rodrygo.

Aos 35, Morata apareceu livre na área após cruzamento de Llorente, mas o goleiro Lunin fez grande defesa. No minuto seguinte, veio o empate. Vini Jr deu passe para Bellingham na esquerda e o inglês cruzou na medida para Joselu mandar para o gol: 2 a 2. A última oportunidade foi com Vinícius Júnior. Rudiger cruzou, o brasileiro madou para o gol, mas Oblak defendeu. No rebote, Witsel chutou em cima de Gimenez e a bola quase entrou. Com o empate, o jogo foi para a prorrogação.

A primeira chance na prorrogação foi do Atlético de Madrid. Llorente chutou forte, mas o goleiro Lunin defendeu aos dois minutos. Simeone fez então duas mudanças em seu time, mandando a campo Memphis Depay e Pablo Barrios nos lugares de Morata e Llorente, respectivamente.

Até que aos nove minutos, veio o terceiro gol do time colchonero. Vini Júnior não conseguiu o domínio e a bola foi para o campo de defesa do Real Madrid. O brasileiro não conseguiu a marcação e Griezmann ganhou a jogada, entrou na área e bateu para fazer um golaço: Atlético de Madrid 3 a 2 e placar final no primeiro tempo.

Na volta para o segundo tempo da prorrogação, o Real Madrid voltou com duas alterações: Dani Ceballos e Fran García nos lugares de Nacho Fernández e Camavinga. Aos dois minutos, Koke tentou a finalização, mas Lunin defendeu. O Real Madrid respondeu aos quatro, após cobrnaça ensaiada de escanteio. A bola foi tocada para Bellingham, que chutou e parou na defesa de Oblak.

O Real Madrid chegou a marcar aos cinco minutos. Em jogada pela direita, a bola pegou na defesa do Atlético de Madrid e sobrou para Bellingham, que bateu para defesa de Oblak. No rebote, Dani Ceballos apareceu e completou para o gol. O lance, no entanto, foi anulado por impedimento de Bellingham. Aos 11, Rudiger teve a chance, mas mandou por cima.

Até que aos 13 minutos, em rápido contra-ataque, o Atlético de Madrid pegou a defesa do Real Madrid aberta. Memphis Depay esperou e deu passe no momento certo para Riquelme, que bateu de primeira e fechou o placar: Atlético de Madrid 4 a 2.

Com a vitória, o Atlético de Madrid garantiu sua classificação à fase de quartas de final da Copa do Rei da Espanha. O clube colchonero aguarda agora o sorteio para saber qual será o seu adversário dentro da competição nacional.

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade