PUBLICIDADE

Paris Saint-Germain

Mbappé ignora provocação argentina: "Você não deve gastar energia com coisas tão fúteis"

Atacante francês comentou sobre a derrota na final da Copa do Mundo do Catar, após vitória do PSG no campeonato nacional

29 dez 2022 - 13h30
(atualizado às 15h43)
Compartilhar
Exibir comentários

Kylian Mbappé jogou, na quarta-feira, sua primeira partida após a derrota da França para a Argentina na final da Copa do Mundo e marcou, de pênalti, o gol da vitória por 2 a 1 do Paris Saint-Germain diante do Strasbourg. O desempenho não foi dos melhores, mas o atacante chamou a torcida para o jogo nos minutos finais e se esforçou para mostrar que perder o título mundial não terá impacto negativo em seu desempenho pelo clube parisiense. Depois da entrega em campo, disse que não se deixará abater.  

"Eu acho que a derrota na Copa jamais será digerida. Mas, como eu disse para o meu treinador e meus companheiros, não há razão para meu clube pagar o preço por um fracasso com a seleção. Foi um momento complicado, mas o PSG não é responsável por nossa derrota. Tentei voltar com a melhor energia possível, sendo o mais positivo possível. Eu não fiz um jogo incrível, mas continuei acreditando, insistindo", concluiu.

O astro francês também foi perguntado sobre o quanto as provocações da Argentina após a final o afetaram e mostrou-se pouco preocupado com o assunto. Durante as celebrações do título em Buenos Aires, o goleiro argentino Emiliano Martínez, decisivo na disputa de pênaltis contra a França, carregava uma boneca na qual foi colocada uma máscara do rosto de Mbappé.

Mbappé retornou aos treinamentos do PSG após a derrota da seleção francesa para a Argentina na Copa do Mundo do Catar
Mbappé retornou aos treinamentos do PSG após a derrota da seleção francesa para a Argentina na Copa do Mundo do Catar
Foto: Twitter oficial do PSG

"Essas comemorações não são problema meu. Você não deve gastar energia com coisas tão fúteis. A coisa mais importante para mim agora é dar o melhor ao meu clube", comentou o atacante, antes de falar sobre a expectativa pelo retorno, seu algoz na Copa e companheiro no PSG. O campeão do Mundo recebeu mais tempo de folga e voltará apenas em janeiro. "Vamos esperar pelo retorno de Leo e assim poderemos voltar a vencer jogos juntos novamente e marcar gols", disse Mbappé.

Embora tenha perdido o título da Copa para a Argentina, o francês fez uma grande Copa individualmente. Além do hat-trick histórico marcado no empate por 3 a 3 antes dos pênaltis na final, terminou o torneio como artilheiro, com oito gols.

Estadão
Compartilhar
Publicidade
Publicidade