PUBLICIDADE

Barcelona reduz preço de Philippe Coutinho para negociá-lo

Meio-campista brasileiro não faz parte dos planos do técnico Ronald Koeman para a temporada 2021/2022 e clube estipula valor para liberá-lo

6 jul 2021 15h32
| atualizado às 16h02
ver comentários
Publicidade

Tentando aliviar suas contas, o Barcelona pode se desfazer de alguns atletas para a temporada 2021/2022. E um dos nomes que pode sair da Catalunha é o brasileiro Philippe Coutinho, que é alvo de vários clubes no Velho Continente. Ainda sem negociar o atleta, a direção do time espanhol já admite reduzir os valores para conseguir acertar a transferência do meio-campista para outra equipe.

Coutinho não fez nenhuma partida em 2021 (Foto: LLUIS GENE / AFP)
Coutinho não fez nenhuma partida em 2021 (Foto: LLUIS GENE / AFP)
Foto: Lance!

Segundo o jornal Marca, o Barcelona, neste momento, aceita negociar Coutinho caso receba uma proposta no valor de 25 milhões de euros (cerca de R$ 152 milhões). Anteriormente, a equipe do Camp Nou pedia 60 milhões de euros (aproximadamente R$ 366 milhões), valor inviável atualmente diante da crise financeira causada pela Covid-19.

Contratado pelo clube espanhol em janeiro de 2018, Philippe Coutinho custou aos cofres do Barcelona 135 milhões de euros (R$ 522 mi na época), valores que o fazem a maior contratação da história do clube. No entanto, o brasileiro nunca repetiu as boas atuações do Liverpool, clube que então defendia.

Recentemente, diversos veículos da imprensa europeia noticiaram interesses de clubes no camisa 14. O canal Sky Sports disse que Arsenal e Everton monitoram o jogador, enquanto o jornal Mundo Deportivo noticiou que o Leicester é outro clube inglês que o deseja. Na Itália, Inter de Milão e Milan já foram apontados como possíveis destinos do brasileiro.

Coutinho não entra em campo pelo Barcelona desde o dia 29 de dezembro do ano passado, quando foi substituído no primeiro tempo em jogo contra o Eibar. De lá para cá, o jogador passou por três cirurgias no joelho esquerdo, sendo a última delas há três meses, no Brasil.

Após sua primeira operação, logo depois da lesão sofrida no fim de 2020, a expectativa era de que o atleta voltasse a entrar em campo dentro do prazo de três a quatro meses. Algumas complicações, porém, atrasaram a programação inicial, e o jogador chegou a passar por um procedimento em uma clínica no Catar.

Na temporada 2020/2021 do futebol europeu, Coutinho chegou a ser titular com o técnico Ronald Koeman após seu retorno do empréstimo ao Bayern de Munique. Antes da lesão, o atleta entrou em campo 14 vezes e marcou três gols, além de dar duas assistências.

 

Lance!
Publicidade
Publicidade