PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Futebol Internacional

Brasil busca empate contra o Equador e se classifica à Copa do Mundo sub-17

17 abr 2023 - 23h12
Compartilhar
Exibir comentários

Na noite desta segunda-feira, o Brasil enfrentou o Equador pela terceira rodada do hexagonal final do Sul-Americano sub-17, no Estádio Olímpico Atahualpa, em Quito (EQU), e empatou em 2 a 2. Kenny Arroyo marcou para os donos da casa, enquanto Collahuazo (contra) e Kauã Elias deixaram tudo igual.

Foto: Divulgação/Conmebol / Gazeta Esportiva

Assim, a Seleção Brasileira se classifica para a Copa do Mundo da categoria, que será realizada de 10 de novembro a 2 de dezembro deste ano, ainda sem sede definida após a retirada do Peru como país-sede. A equipe treinada por Phelipe Leal segue invicta na competição, com sete pontos, na terceira colocação.

Do mesmo modo, o Equador também está garantido no Mundial. O anfitrião do Sul-Americano soma sete tentos, figurando na liderança do hexagonal final. Como o torneio garante quatro vagas na Copa do Mundo, nem equatorianos nem brasileiros podem ficar abaixo da quarta posição - venceram Venezuela e Paraguai, que disputam o quarto lugar, e têm vantagem no critério de desempate em caso de possível igualdade na pontuação final.

A Argentina, que empatou com os paraguaios mais cedo nesta segunda, também possui sete pontos - figura na vice-liderança - e é mais uma já classificada ao Mundial. O Chile, lanterna sem pontuar, completa a chave.

Agora, o Brasil vai em busca do título - o 13º do país na competição. Pela quarta rodada, a Seleção Brasileira enfrenta os chilenos, às 18h30 (de Brasília) da próxima quinta-feira, no mesmo Estádio Olímpico Atahualpa. Mais tarde, a partir das 21 horas, o Equador enfrenta a Argentina, no estádio Casa Blanca, também em Quito (EQU).

O jogo entre Brasil e Equador

Aos 13 minutos de partida, Da Mata aproveitou cruzamento na área e cabeceou, mas acertou o pé da trave de Loor. Sete minutos depois, Kauã Elias recebeu lançamento de Riquelme e, livre de marcação dentro da pequena área, bateu de primeira, mas acabou errando o alvo e mandando pela linha de fundo.

Passados três minutos, o Equador respondeu. Kenny Arroyo recebeu na ponta esquerda, driblou Chermont, invadiu a área, realizou mais um corte, desta vez em Vitor Reis, e bateu no canto direito de Phillipe Gabriel, abrindo o placar para os donos da casa.

Aos 27, o camisa 7 equatoriano recebeu outra vez na ponta esquerda, venceu mais um duelo contra Chermont e mandou uma bomba de esquerda para ampliar a vantagem no marcador.

Ainda antes do fim do primeiro tempo, aos 45 minutos, Rayan saiu da ponta direita, fez bela jogada individual, invadiu a área e tocou para o miolo. A bola bateu no zagueiro Collahuazo e entrou, diminuindo para o Brasil.

Na volta do intervalo, a Seleção precisou de apenas sete minutos para empatar o jogo. Após cobrança de escanteio de Lorran, o artilheiro Kauã Elias subiu mais do que a defesa e testou para o fundo do gol. Foi o quinto gol do atacante do Fluminense na competição.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Compartilhar
Publicidade
Publicidade