1 evento ao vivo

Fluminense busca encerrar jejum de quatro jogos em confronto direto com o Ceará

Equipes precisam do resultado positivo para se afastar da parte debaixo da tabela

15 jul 2019
07h42
atualizado às 07h42
  • separator
  • 0
  • comentários

Um confronto direto em casa e um jejum de quatro jogos sem vitória. Este é o cenário vislumbrado pelo Fluminense para a volta ao Campeonato Brasileiro após a pausa para a Copa América no jogo desta segunda-feira contra o Ceará, às 20 horas, no Maracanã.

Com oito pontos ganhos e ameaçado pelo risco de rebaixamento, o time de Fernando Diniz encara os cearenses, que têm dez, sem ter a opção de pensar em empatar após quase um mês de preparação durante a parada.

O período, por sinal, foi encerrado no domingo com o apoio da torcida, em um treino aberto realizado nas Laranjeiras. Alocado em seu CT Pedro Antonio, na Barra da Tijuca, o time não realizava atividade alguma em sua tradicional sede na zona sul carioca desde 2018, e a ideia da diretoria foi justamente tentar reaproximar torcedores e elenco, especialmente no momento em que os salários estão atrasados e a colocação no campeonato não é das melhores.

Após o treinamento, que contou com mais de mil torcedores, o técnico Fernando Diniz elogiou a iniciativa. "Foi uma sensação maravilhosa. Houve uma troca de energia muito intensa. Eu já tinha relatado que esse time tem uma conexão especial com a torcida. Foi uma demonstração de muito carinho. Espero que comece um novo ciclo virtuoso para o Fluminense, de bons resultados em campo. A equipe vem jogando bem e precisamos traduzir esse bom futebol e esse momento especial hoje em vitórias", comentou.

O clima positivo, relatado por Diniz, só foi interrompido com alguns cânticos direcionados ao atacante Luciano, que, em negociação quase fechada com o Atlético-MG, esteve ausente do treino após pedir dispensa do clube. "Ele não participou do treinamento porque neste momento eu conto com os jogadores que desejam ficar no Fluminense. A gente precisa de quem quer ficar e quem está focado no Fluminense", explicou o técnico.

Por outro lado, o comandante praticamente assegurou o retorno do atacante Pedro no compromisso desta segunda-feira. Envolvido em um início de negociações com o Flamengo, o jogador de 22 anos revelado na base tricolor e ausente das partidas da equipe desde maio devido a uma lesão muscular deve voltar a campo na partida contra o Ceará.

"O Pedro é um homem e um jogador especial. Muito focado e determinado. Está muito focado no Fluminense. Não a toa, esta foi a melhor semana de treinos dele comigo aqui. Se entregou a tudo que tinha que fazer. Está muito vibrante nos treinamentos, totalmente vinculado ao clube", garantiu o treinador.

Apesar da confirmação de Pedro no comando de ataque, o time que vai a campo ainda é uma incógnita. O que se sabe é que o lateral-direito Gilberto e o zagueiro Digão, que vinham de problemas físicos, treinaram normalmente durante a semana e também devem retornar.

As ausências confirmadas serão as do volante Allan, que está suspenso, do zagueiro Matheus Ferraz e do lateral-esquerdo Mascarenhas, que ainda se encontram em período de transição do departamento médico para os treinamentos.

CEARÁ COM NOVIDADES

A equipe de Fortaleza não vence na competição há três rodadas, o que fez com que a diretoria alvinegra buscasse alguns reforços pontuais durante a parada para a Copa América. Um deles é o meia Lima, peça importante na campanha do acesso à Série A, em 2017, que pertence ao Grêmio e estava emprestado ao Al-Wasl, dos Emirados Árabes Unidos.

O empréstimo de Lima foi anunciado no último sábado pelo presidente Robinson de Castro, mas o atleta ainda não tem condições de jogo. O atacante Felippe Cardoso, que estava no Santos, e foi contratado nos últimos dias, por sua vez, seguiu neste domingo com a delegação para o Rio e pode estrear.

Outro jogador do setor ofensivo que viajou foi Mateus Gonçalves. Ex-atleta do adversário desta segunda-feira, ele comentou sobre o reencontro no Maracanã. "Será uma partida muito especial. Mesmo com pouco tempo no Fluminense, fiz grandes amigos e é muito bacana revê-los, mas agora defendo as cores do Ceará e vamos fazer de tudo para conquistar os três pontos", disse o atacante, que esteve nas Laranjeiras no início desta temporada.

Incorporado ao elenco do Ceará desde o início do Brasileirão, Mateus Gonçalves comentou sobre a importância da intertemporada para a equipe e a necessidade de encerrar logo o jejum. "Tivemos um bom período de treinos. São três jogos sem vitórias, então, mesmo jogando fora de casa, temos que pontuar para subir na tabela", finalizou.

Ainda sem dar pistas a respeito da escalação que pretende colocar em campo nesta segunda-feira, o técnico Enderson Moreira já sabe que não poderá contar com o zagueiro Luiz Otávio, suspenso. Também não viajaram o volante Pedro Ken, os meias Wescley e Juninho Quixadá, além do atacante Bergson. Todos ainda vêm se recuperando de lesões.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade