PUBLICIDADE

Figueirense e Joinville não saem do zero em estreia no Campeonato Catarinense

Equipes se enfrentaram no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis

23 jan 2022 21h18
| atualizado às 21h18
ver comentários
Publicidade

Na noite deste domingo (23), Figueirense e Joinville se enfrentaram em partida válida pela 1ª rodada do Campeonato Catarinense 2022. No Orlando Scarpelli, as duas equipes criaram algumas chances, mas não conseguiram sair do placar de 0 a 0.

Partida contou com algumas chances de lado a lado (Foto: Divulgação/Figueirense)
Partida contou com algumas chances de lado a lado (Foto: Divulgação/Figueirense)
Foto: Lance!

Agora, os dois clubes voltam a campo na próxima quarta-feira (26). Fora de casa, o Figueirense enfrenta o Barra. Enquanto isso, o Joinville recebe o Concórdia. Ambos os jogos acontecem às 19h e são válidos pela 2ª rodada do Campeonato Catarinense.

COMEÇO TRUNCADOS

A metade inicial do primeiro tempo foi de muita intensidade na marcação por parte do Joinville, enquanto que o Figueirense tentou propor o jogo. O time da casa pressionou a saída de bola adversária, mas não conseguiu criar chances de finalização.

Fechado, o Joinville apostou nas ligações diretas com os seus atacantes para tentar criar algum perigo, mas sem sucesso. No mais, os primeiros 22 minutos foram de muitas faltas e pouca bola rolando.

CHANCES APARECEM

Com o jogo travado pelo meio, o Figueirense passou a abusar das laterais, principalmente pelo lado direito, com Muriel. Em um cruzamento do ala, Alison cortou antes que a bola chegasse para Kauê completar livre para o gol. Em resposta, Caio Mello levou perigo para o Joinville em uma falta.

Seguindo na ideia de atacar pelos lados, o Figueirense teve a chance mais clara do jogo com Thiaguinho. O atacante recebeu de frente para o gol, mas João Lucas saiu do gol e fechou o ângulo, evitando o tento e levando o 0 a 0 para o intervalo no Orlando Scarpelli.

NÃO VALEU!

Se a primeira metade da etapa inicial foi truncada, a primeira parte da segunda foi toda do Joinville. Acuado durante os 45 minutos iniciais, o clube se soltou e criou todas as chances. Aos 2, Chrystian chutou de longe e Rodolfo Castro bateu roupa. Na sobra, Vitor Rangel acertou a trave e, depois, Uelber completou para as redes. Entretanto, o lance foi anulado por impedimento.

A pressão seguiu até os 20 minutos. Neste período, Chrystian soltou uma bomba de longe e o goleiro do Figueirense fez a defesa cara a cara. Mais tarde, Victor Rangel fez lance individual e mandou na rede pelo lado de fora.

RITMO CAI

O restante da etapa final foi de poucas emoções. Depois do início promissor, o Joinville diminuiu o ritmo e deixou o Figueirense jogar mais. Os donos da casa inclusive, melhoraram no jogo e equilibraram a posse de bola.

Com o equilíbrio novamente se fazendo valer no jogo, as chances de gol ficaram escassas. O Figueirense tentou alguns cruzamentos que chegaram a ser perigosos, mas que não tiveram conclusão. Enquanto isso, o Joinville não conseguiu mais assustar, fechando o jogo em 0 a 0.

FICHA TÉCNICA

FIGUEIRENSE 0 X 0 JOINVILLE

Local: Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC)

Data/Horário: 23 de janeiro de 2022 (domingo), às 19h

Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)

Assistentes: Gizeli Casaril (SC) e Alexandre Daraio (SC)

Cartões amarelos: Augusto Cesar, Danilo, Thiago Costa (Joinville), Kauê, Clayton (Figueirense)

FIGUEIRENSE: Rodolfo Castro; Muriel, Maurício, Luis Fernando e Zé Mário (Vinícius Nucci, aos 12'/2°T) (Natan Masiero, aos 34'/2°T); Clayton, Oberdan e Kauê (Rickelmy, aos 21'/2°T); Andrew, Thiaguinho (Luizinho, aos 0'/2°T) e Gustavo Índio (Luis Gustavo, aos 12'/2°T). Técnico: Júnior Rocha.

JOINVILLE: João Lucas; Alison, Jaques, Elivelton e Renan Castro; Caio Mello (Thiago Costa, aos 30'/2°T), Xavier e Augusto Cesar (Danilo, aos 0'/2°T); Victor Rangel (Mailson, aos 22'/2°T), Uelber (Tadeu, aos 40'/2°T) e Chrystian (Mateus Canhota, aos 40'/2°T). Técnico: Paulo Massaro.

Lance!
Publicidade
Publicidade