PUBLICIDADE

Campeonato Paulista

Pintado coloca pressão sobre São Paulo para jogo com São Caetano

19 mar 2019 - 12h59
Compartilhar
Exibir comentários

São Caetano e São Paulo se enfrentam, nesta quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), no Anacleto Campanela, pela última rodada do Campeonato Paulista. Pintado, ídolo tricolor nos anos 90, é agora treinador do São Caetano, e pode ajudar a tirar o ex-clube das quartas de finais. Sobre o confronto, deixou claro que não irá facilitar para o adversário.

"Eu já estive do outro lado, sei que a responsabilidade é do São Paulo, o time deles não pode sonhar em ficar fora, pode causar sérios danos ao São Paulo, sei da importância para o São Paulo, mas estou pensando no São Caetano.", disse, em entrevista à Fox Sports.

Pintado fez parte do time do São Paulo campeão Mundial em 1992, vencendo o Barcelona, por 2 a 1. Agora, como técnico, ele tem a chance de eliminar o ex-time do Campeonato Paulista. Caso o Tricolor perca, o Oeste pode eliminar o favorito com uma simples vitória contra o Mirassol.

"Do São Paulo tenho ótimas lembranças, mas se depender de mim vão ter muitas dificuldades no jogo", falou Pintado.

O São Caetano precisa da vitória. O time é o penúltimo colocado na tabela geral e está na zona de rebaixamento. No entanto, com uma vitória, o time pode permanecer na primeira divisão, caso o Botafogo-SP não vença o Santos, ou Mirassol ou Bragantino percam seus jogos. Por isso, Pintado destacou a importância de manter a concentração.

"O jogo será muito emocionante, o São Paulo terá que propor o jogo, terá mais responsabilidade, para nós é vida ou morte, precisamos ser frios, ficar o mais concentrados possível", destacou o treinador do Azulão.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade