PUBLICIDADE

Campeonato Paulista

Patrocínio Logo do patrocinador

Palmeiras tem dois gols anulados e estreia no Paulista com empate contra o São Bento

14 jan 2023 - 20h40
(atualizado às 22h28)
Compartilhar
Exibir comentários

O Palmeiras iniciou a defesa do título do Campeonato Paulista com um resultado decepcionante para os seus torcedores. Neste sábado, no estádio Allianz Parque, em São Paulo, o Verdão ficou no 0 a 0 com o São Bento, pela rodada inaugural do Estadual. Gol até teve, dois na verdade (de Jailson e Dudu), mas eles foram anulados, corretamente, pelo VAR.

Foto: ( Divulgação/Léo Sguaçabia) / Gazeta Esportiva

Além dos gols anulados, o Palmeiras mostrou a sua habitual força ao pressionar o São Bento e criar várias oportunidades. Em duas deles a bola ficou no quase. No primeiro tempo, o zagueiro e capitão paraguaio Gustavo Gómez cabeceou na trave e, na segunda etapa, Zé Rafael mandou uma bomba de fora da área no travessão.

Pela segunda rodada, o Palmeiras jogará na próxima quinta-feira. A partir das 21h30 (de Brasília), o rival será o Botafogo, no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP). O São Bento voltará a campo bem antes. Nesta terça, às 15h30, receberá o Santo André, no estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba (SP).

O jogo - A partida começou com o São Bento mais corajoso e buscando as jogadas de ataque. Tanto que em seis minutos conseguiu três chances, sendo que na melhor delas, aos três, Weverton teve que trabalhar para espalmar a cabeçada do zagueiro Léo Silva.

Sem se desesperar, o Palmeiras retomou o controle do jogo usando bastante Dudu pelo lado direito, Mas foi pela outra ponta que surgiu a primeira grande oportunidade alviverde. Aos 10 minutos, Jailson desviou de cabeça após cruzamento de Raphael Veiga, mas o assistente da arbitragem marcou o impedimento, confirmado pelo VAR, do volante.

O lance fez com que o São Bento ficasse mais recuado, permitindo maior posse de bola ao Palmeiras. Como consequência, o Verdão conseguiu criar chances e por pouco abriu o placar. Aos 25 minutos, após escanteio cobrado por Veiga pelo lado direito, Gustavo Gómez cabeceou na trave direita do goleiro Zé Carlos.

Nos últimos minutos, cada equipe teve uma chance em chutes de fora da área. Pelo Palmeiras, Endrick carregou a bola do meio de campo e da intermediária bateu forte de pé esquerdo para a defesa em dois tempos de Zé Carlos. O mesmo fez Weverton em um arremate de Lucas Lima.

A volta do intervalo foi uma repetição do início da partida. O São Bento não se intimidou e logo aos dois minutos conseguiu uma grande oportunidade de abrir o placar. Fernandinho recebeu passe no contra-ataque, dominou na entrada da área e arriscou o chute colocado. Weverton fez grande defesa e mandou para escanteio.

Diferentemente do primeiro tempo, o Palmeiras não conseguiu mais ser efetivo em suas jogadas ofensivas. Graças ao forte sistema defensivo do São Bento e a falta de ritmo de jogo dos jogadores alviverdes, a partida ficou sem grandes emoções.

Mesmo com as entradas de Bruno Tabata e de Gabriel Menino nos lugares de Raphael Veiga e Jailson, respectivamente, as dificuldades eram enormes para o Palmeiras conseguir uma chance real para abrir o placar.

Em uma jogada de bola parada, aos 38 minutos, o gol até saiu, mas mais uma vez o VAR anulou por conta de um impedimento de Dudu, após falta cobrada por Gabriel Menino. No lance seguinte, outro quase gol: Zé Rafael mandou uma bomba de fora da área no travessão. Nada mesmo do placar sair do zero.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 0 x 0 SÃO BENTO

Local: Estádio Allianz Parque, em São Paulo (SP)

Data: 14 de janeiro de 2023 (sábado)

Horário: 18h30 (de Brasília)

Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza

Assistentes: Evandro de Melo Lima e Raphael de Albuquerque Lima

VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral

Renda: R$ 1.963.553,75.

Público: 39.164 torcedores

Cartões amarelos: Dudu (Palmeiras); Ivan, Zé Carlos, Léo Silva, Lucas Lima e Carlos Jatobá (São Bento)

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Murilo e Piquerez (Vanderlan); Jailson (Gabriel Menino), Zé Rafael e Raphael Veiga (Bruno Tabata); Dudu, Rony (Rafael Navarro) e Endrick (Flaco López).

Técnico: Abel Ferreira.

SÃO BENTO: Zé Carlos; Caio Hila, Léo Silva, Bruno Aguiar e Marlon (Ivan); Carlos Jatobá (Neto Paraíba), Marquinhos, Lucas Lima e Fernandinho (Vitinho); Branquinho (Marcos Nunes) e Iago Dias.

Técnico: Paulo Roberto Santos.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade