PUBLICIDADE

Após susto, Paysandu bate Cametá e leva o primeiro turno

24 mar 2011 - 23h33
(atualizado em 25/3/2011 às 00h32)

O Paysandu sofreu na primeira etapa, mas virou para cima do Cametá e, com vitória por 3 a 2 na Curuzu, garantiu da Taça Cidade de Belém - o primeiro turno do Campeonato Paraense.

Após vencer a primeira partida por 2 a 1 na carnavalesca cidade de Cametá, o Paysandu podia até perder por um gol de diferença para garantir a taça. A tranquilidade emocional não fez bem ao time, que foi pressionado no início do jogo e viu os visitantes abrirem o placar aos 19min, com Jailson.

O susto passou rápido. No minuto seguinte, Mendes, que já havia marcado os dois gols no jogo de ida, voltou a deixar a sua marca e igualou o marcador.

Aos 32min, foi a vez de outro artilheiro brilhar. Rafael Oliveira cabeceou para virar o jogo e fazer o seu 16º gol na temporada, isolando-se como maior goleador do Brasil em 2011. Do outro lado, Leandro Cearense, com 15 gols, só podia lamentar.

A festa já tomava conta da Curuzu, mas o Cametá sempre se mostrou um adversário perigoso. Ainda antes do intervalo, o lateral esquerdo Elton, do Paysandu, foi expulso. Pouco depois, Américo fez o segundo do time do interior: 2 a 2.

Na segunda etapa, o Cametá foi para o tudo ou nada, com três atacantes diante do Paysandu, que passou a se desdobrar para compensar a desvantagem numérica.

O Paysandu soube conter o rival e ainda chegou ao gol da vitória nos acréscimos. Cobrando pênalti, Rafael Oliveira marcou seu 17º gol no ano e levou a Curuzu ao delírio, com direito a invasão de gramado no fim.

Muricy Ramalho voltou a elogiar o Santos, de Neymar e Ganso, nesta quinta-feira. O time da Baixada externou o interesse pelo treinador.
Muricy Ramalho voltou a elogiar o Santos, de Neymar e Ganso, nesta quinta-feira. O time da Baixada externou o interesse pelo treinador.
Foto: Léo Pinheiro / Especial para Terra
Fonte: Lancepress!
Publicidade