PUBLICIDADE

Em 2017, Neymar deixou Messi para ser a estrela. E agora?

Craque brasileiro queria protagonismo no PSG e ganhar a Champions

10 ago 2021 16h01
| atualizado às 17h59
ver comentários
Publicidade

Em 2017, na maior transação do futebol mundial (222 milhões de euros), Neymar trocou o Barcelona pelo PSG para ser protagonista e ter a oportunidade de ganhar o primeiro título da Liga dos Campeões com a camisa do clube francês. A mudança relacionava-se bastante a uma questão muito explorada pela imprensa mundial: Neymar queria se ver livre da sombra de Lionel Messi, então o grande nome do time catalão.

Quatro anos depois, ainda sem erguer a taça da Champions League, o PSG anuncia a contratação de Messi. Como é amigo do craque argentino, Neymar comemorou a aquisição em redes sociais com sorrisos e declarações de amizade. Segundo o Jornal Marca, da Espanha, ele até ofereceu a camisa 10 ao novo reforço, que a teria recusado.

Neymar e Lionel Messi durante fina da Copa América entre Brasil e Argentina no Maracanã
10/07/2021 REUTERS/Ricardo Moraes
Neymar e Lionel Messi durante fina da Copa América entre Brasil e Argentina no Maracanã 10/07/2021 REUTERS/Ricardo Moraes
Foto: Reuters

Amigos, amigos, negócios à parte. Eis a máxima popular que pode servir para entender como vai ser o convívio de Messi e Neymar no PSG. O ex-santista não lida bem com a divisão de espaços, tem sido assim já faz alguns anos. Quer os holofotes o tempo todo e demonstra isso, escancaradamente, na Seleção brasileira.

Todo mundo lembra a discussão que teve com Edinson Cavani logo que chegou ao PSG, quase tomando a bola das mãos do uruguaio para cobrar um pênalti em jogo com o Lyon, pelo Campeonato Francês, em setembro de 2017, como quem dissesse: ‘agora quem manda aqui sou eu’. A atitude lhe custou muitas críticas dos torcedores do PSG.

Há uma outra questão em jogo com essa nova dobradinha em Paris. Neymar busca o título de melhor jogador do mundo faz tempo. Messi já tem uma penca dessas conquistas e quer mais e o outro astro do PSG, Mbappé, tem ofuscado um pouco o camisa 10 nos últimos meses. Vai ser uma disputa interna bem interessante. Resta saber quem será o protagonista.

Papo de Arena Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. 
Publicidade
Publicidade