0

Decisivo para o Chile, Sánchez revela que sofreu lesão no tornozelo

"Espero que não seja tão grave, no intervalo fizeram uma proteção e joguei com um pouco de dor", diz o atacante, que fez o gol da vitória sobre o Equador

21 jun 2019
23h26
  • separator
  • 0
  • comentários

A vitória do Chile por 2 a 1 sobre o Equador, nesta sexta-feira, na Fonte Nova, não veio sem preocupações para os atuais bicampeões da Copa América. Embora a equipe tenha conseguido a classificação antecipada às quartas de final da competição, o atacante Alexis Sánchez revelou que sofreu nova lesão no tornozelo direito, algo que pode colocar em risco a sua sequência na competição.

Sánchez foi eleito o melhor jogador da partida e marcou o gol que definiu o triunfo da sua seleção por 2 a 1. Mas explicou que se contundiu durante o primeiro tempo do confronto. Porém, ainda não é possível determinar qual é a extensão do problema.

Antes mesmo do início da competição, uma lesão no tornozelo colocou em dúvida, inclusive, a participação de Sánchez, embora ele tenha atuado normalmente na estreia da equipe, a goleada por 4 a 0 sobre o Japão, na última segunda-feira. "Acho que tive uma torção, espero que não seja tão grave, no intervalo fizeram uma proteção e joguei com um pouco de dor. Vinha de um problema na Inglaterra", disse.

Embora tenha triunfado sobre o Equador, a avaliação foi de que o Chile teve atuação irregular contra o Equador, como o atacante do Manchester United reconheceu. "Estou contente pela equipe. Foi uma partida muito dura hoje, temos de seguir aprendendo com os nossos erros", declarou.

Com seis pontos, o Chile lidera o Grupo C da Copa América. A equipe precisa de um empate na próxima segunda-feira contra o Uruguai, no Maracanã, para avançar às quartas de final do torneio na primeira posição.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade