PUBLICIDADE

Cruzeiro já flerta com o rebaixamento de novo

Time não consegue vencer há quatro rodadas na Série B

7 jul 2021 10h28
| atualizado às 11h15
ver comentários
Publicidade

Não há nada tão ruim que não possa piorar. Essa máxima pessimista pode ser associada ao Cruzeiro, que vive sua segunda temporada seguida de Série B e continua mal das pernas. Depois de quatro jogos sem vencer, empatou nessa terça (6) com o Coritiba (0 a 0), em Minas, a equipe ocupa a 13ª posição na tabela, com 10 pontos, apenas três à frente do Vitória, o que abre a zona de rebaixamento à Terceira Divisão.

Enquanto isso, distancia-se dos mais bem pontuados, como o Náutico (21) e o próprio Coritiba (20). Se a contagem levar em consideração somente os pontos perdidos, o Cruzeiro ficaria atrás apenas da Ponte Preta, que só ganhou oito em 30 disputados.

Mozart Santos assumiu o comando técnico do Cruzeiro em meados de junho e ainda não arrumou a casa
Mozart Santos assumiu o comando técnico do Cruzeiro em meados de junho e ainda não arrumou a casa
Foto: Reprodução

Com quatro empates, quatro derrotas e duas vitórias, o Cruzeiro deve encerrar a rodada com uma classificação mais delicada. Até porque Vitória, Brasil de Pelotas, Londrina e Remo, todos os da faixa do descenso e que têm 7 pontos, ainda vão jogar, assim como Confiança e CSA, que estão logo atrás da equipe mineira.

Em crise técnica, financeira e administrativa que se arrasta há mais de dois anos, o Cruzeiro tem também contra si o nível mais elevado da atual Segunda Divisão, com a presença de outros grandes, como Botafogo e Vasco, candidatos fortes ao acesso. Além disso, seus torcedores percebem que times tradicionais, como Náutico, Coritiba e Goiás, vão brigar até o último momento para chegar entre os quatro melhores da competição.

Papo de Arena Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. 
Publicidade
Publicidade