PUBLICIDADE

Messi goleia Neymar, 4 a 1, em confrontos Brasil x Argentina

Disputa à parte entre os dois craques vai ter novo desafio, no sábado (10)

7 jul 2021 08h51
| atualizado às 09h21
ver comentários
Publicidade

No retrospecto de jogos de suas respectivas seleções, em que ambos estiveram em campo, Lionel Messi e Neymar duelaram quatro vezes ao longo da história, com duas vitórias para cada lado. Entretanto, quando se fala na artilharia desses confrontos, a vantagem é bem maior, de 4 a 1, para Messi.

No sábado (10, o Maracanã vai testemunhar o quinto embate nesse clássico entre os dois craques, pela final da Copa América. Uma chance para Neymar encostar no rival.

Messi tem vantagem sobre Neymar na artilharia dos jogos entre Brasil e Argentina, em que ambos atuaram
Messi tem vantagem sobre Neymar na artilharia dos jogos entre Brasil e Argentina, em que ambos atuaram
Foto: Juan Mabromata / Reuters

A primeira vez que eles se cruzaram num Brasil x Argentina foi em novembro de 2010, apenas três meses depois da estreia de Neymar na Seleção. Naquele amistoso em Doha, no Catar, os argentinos venceram por 1 a 0, gol de Messi.

Um novo encontro se deu em junho de 2012, num amistoso nos EUA. Mais uma vez com vitória do nosso vizinho: 4 a 3. Dessa vez, Messi acabou com o jogo, fez três gols – o outro foi de Frederico Fernández. Para o Brasil, descontaram Oscar, Hulk e Rômulo.

Depois, pelo SuperClássico das Américas, em outubro de 2014, na China, a Seleção então comandada por Dunga derrotou o time argentino por 2 a 0, com dois gols de Diego Tardelli.

Por fim, o único gol marcado por Neymar nesse recorte veio em novembro de 2016, numa partida pelas eliminatórias da Copa do Mundo da Rússia, realizada no Mineirão. O Brasil ganhou por 3 a 0, ainda com gols de Philippe Coutinho e Paulinho.

Papo de Arena Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. 
Publicidade
Publicidade