2 eventos ao vivo

Aguirre fala em 'força máxima' no São Paulo para jogo na Argentina

Treinador uruguaio diz que não prioriza o Brasileirão, mas admite fazer 'alguma mudança' na Sul-Americana

13 ago 2018
05h12
  • separator
  • comentários

Antes de buscar o título simbólico do primeiro turno do Campeonato Brasileiro, domingo que vem, contra a Chapecoense, no Morumbi, o São Paulo terá compromisso pela Copa Sul-Americana. Na quinta-feira, visita o Colón-ARG, em Santa Fé, pela segunda fase do torneio continental. No jogo de ida, derrota por 1 a 0 no Morumbi, o que obriga os brasileiros a, no mínimo, devolverem o placar para levar a decisão da vaga para os pênaltis.

Pelo que sinalizou o técnico Diego Aguirre após a vitória de domingo sobre o Sport, o time terá boa parte dos titulares em campo na Argentina, a exemplo da primeira partida, quando apenas três foram poupados (nos lugares de Sidão, Arboleda e Liziero, entraram Jean, Bruno Alves e Bruno Peres, respectivamente).

"Temos que tentar ganhar e nos classificar. Não dou prioridade ao Brasileiro. São duas competições importantes e queremos passar. Vamos com força máxima sempre, jogue quem jogue. É possível que faça alguma mudança, mas faz parte do planejamento. Teremos um time muito forte na Argentina", prometeu o técnico são-paulino.

No jogo diante da Chape, pelo Brasileirão, ele também terá todos à disposição, já que nenhum dos pendurados que estiveram em campo na Ilha do Retiro (Everton, Jucilei, Nenê e Reinaldo) foi advertido no Recife.

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade