0

Copa do Nordeste vai distribuir R$ 30 milhões para clubes

8 set 2017
14h16
  • separator
  • comentários

A edição 2018 da Copa do Nordeste vai valer R$ 30 milhões para os participantes apenas com direito de transmissão dos jogos. O aporte corresponde a um acréscimo de 30% ao que foi destinado aos clubes em 2017 – R$ 23 milhões.

Torcedores na Arena Fonte Nova, em Salvador (BA), durante a segunda partida entre Bahia e Sport, válida pela final da Copa do Nordeste 2017
Torcedores na Arena Fonte Nova, em Salvador (BA), durante a segunda partida entre Bahia e Sport, válida pela final da Copa do Nordeste 2017
Foto: Walmir Cirne/Coofiav / Gazeta Press

O Esporte Interativo é o responsável pela exibição com exclusividade das partidas em TV aberta. Assumiu essa fatia depois que a Globo abriu mão de renovar contrato com a Liga do Nordeste. O EI sublicenciava para a emissora carioca a transmissão dos jogos em TV aberta, o que ainda foi possível em 2017.

Com a saída da Globo, outras emissoras demonstraram interesse na Copa do Nordeste, entre elas a Record e o SBT, e estão negociando contrato.

Mesmo com a desistência do Sport, que saiu da Liga este ano e teve sua expectativa frustrada por não conseguir arrastar os outros dois grandes de Pernambuco – Santa Cruz e Náutico -, a Copa do Nordeste se mantém como um dos torneios mais importantes do País.

O próprio valor de R$ 30 milhões só com TV a deixa à frente, por exemplo, da Primeira Liga (que rendeu R$ 23 milhões em 2017), numa competição que reúne seis dos maiores clubes do País, Flamengo, Fluminense, Grêmio, Inter, Atlético-MG e Cruzeiro.

Para 2018 a Copa do Nordeste vai voltar a seu modelo original, com 16 clubes em quatro chaves de quatro. Os dois primeiros de cada grupo avançam para as quartas de final.

A fim de adaptar o número de clubes à disputa, que em 2017 foi de 20, uma Pré-Copa do Nordeste está em curso. O CSA passou pelo Parnahyba e o Globo eliminou o Fluminense-BA. Ainda pela fase eliminatória, Cordino e Treze, e Náutico e Itabaiana decidem outras duas vagas.

Assim ficou o chaveamento, definido em sorteio na quarta (6):

Grupo A – Santa Cruz, CRB, Confiança e Treze ou Cordino

Grupo B – Vitória, ABC, Ferroviário e Globo

Grupo C – Bahia, Botafogo-PB, Altos-PI e Itabaiana ou Náutico

Grupo D – Ceará, Sampaio Correa, Salgueiro e CSA

Fonte: Silvio Alves Barsetti

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade