5 eventos ao vivo

Sem pressão e sem medo de jogo defensivo, russos sonham com semi

5 jul 2018
18h37
  • separator
  • 0
  • comentários

Perto de encarar um jogo de quartas de final de Copa do Mundo pela primeira vez na história, a Rússia deixou a desconfiança que rondava a seleção antes do torneio começar e faz os russos sonharem bem mais alto do que o imaginado na fase de grupos. Mesmo conseguindo segurar um empate suado contra a Espanha, já abdicando de criar e só se defendendo na prorrogação, o time não liga para críticas sobre essa postura.

"É Copa do Mundo, e o mata-mata começou. O principal é apenas se classificar. Aqueles que pensam isso têm direito a dar suas opiniões. Nosso trabalho é analisar o adversário, jogar corretamente, ouvir o que a comissão técnica fala e jogar. Isso é tudo. Hoje analisamos a Croácia e nos preparamos durante o treino. Ainda temos amanhã, então estamos nos preparando", disse o atacante Samedov, um dos mais experientes do elenco.

O camisa 19 também se esquivou de uma possível pressão sobre sua equipe, já que na primeira fase, eles precisaram provar que não iam ser uma decepção como anfitriões. "Há pressão sobre nós? Agora não. Não como experimentamos no começo do torneio. Havia muito mais lá trás. Agora estamos nas quartas de final, queremos dar à torcida algo para vibrar e ir em frente. Não há pressão em nós, como havia no começo. O técnico só pede que entremos em campo e façamos nosso trabalho. Ele nos deixa à vontade", afirmou.

A Rússia fecha as quartas de final diante da Croácia, em confronto no sábado (7), às 15h.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade