0

Estados Unidos tentam manter hegemonia do Mundial contra a surpreendente Holanda

7 jul 2019
04h17
atualizado em 8/7/2019 às 00h05
  • separator
  • 0
  • comentários

Na manhã deste domingo, Estados Unidos e Holanda duelam pela grande final da Copa do Mundo feminina. O jogo está marcado para o Estádio Parc Olympique Lyonnais, em Lyon, na França, às 12h (de Brasília).

De um lado, as norte-americanas, que compareceram em todas as sete edições do torneio e venceram em três oportunidades. Do outro, as holandesas, apenas em sua segunda participação e fazendo sua melhor campanha na história.

Ambas as seleções venceram as seis partidas que disputaram no Mundial e sofreram apenas três gols. Por outro lado, os Estados Unidos marcaram 24 vezes, mais que o dobro da Holanda, que balançou as redes em 11 oportunidades.

Outra semelhança é que as duas são comandadas por técnicas mulheres. Campeã da última Copa do Mundo, em 2015, e no comando da seleção americana desde 2014, Jill Ellis tenta mais um título para o currículo. Já Sarina Wiegman, pela seleção holandesa, tenta mais um troféu após conquistar a última Eurocopa feminina, em 2017, mesmo ano em que assumiu o cargo de forma oficial.

Destaque dos Estados Unidos na competição, a atacante Alex Morgan, com seis gols e três assistências em cinco jogos, tenta repetir as boas atuações para consagrar sua seleção. Já a meia Jackie Groenen, com um gol, quer manter a fase para estrear a vitrine de troféus da Holanda.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade