PUBLICIDADE

Brasil bate Argentina na segunda rodada da Copa do Mundo de vôlei

15 set 2019
10h12 atualizado às 10h12
0comentários
10h12 atualizado às 10h12
Publicidade

Próximo desafio será diante da Holanda (Foto: Divulgação/FIVB)
Próximo desafio será diante da Holanda (Foto: Divulgação/FIVB)
Foto: Gazeta Esportiva

Na manhã deste domingo, a Seleção Brasileira de vôlei feminino entrou em quadra diante da Argentina, pela segunda rodada da Copa do Mundo, e conquistou mais um triunfo, desta vez por por 3 sets a 0 (25/17, 25/19 e 25/16), em 1h16 de jogo.

Após bater a Sérvia na estreia, o Brasil chega portanto a duas vitórias em duas partidas. Nesta segunda-feira, às 5h (horário de Brasília), a equipe encara a Holanda.

O destaque da partida deste domingo ficou por conta da ponteira Gabi, que anotou 18 pontos. Além dela, Amanda, com 11, e Lorenne, com 10, também brilharam. Pelo lado argentino, a ponteira Nizetich foi quem mais pontuou, com 10 acertos.

"Foi uma vitória importante. Já evoluímos em relação a partida contra a Sérvia e comentemos menos erros. Nosso saque foi mais agressivo e o nosso bloqueio voltou a funcionar. Foi bom também para as jogadoras que estavam de fora participarem do jogo. Elas entraram e mantiveram o nível. É um campeonato longo e temos que crescer a cada confronto. Estamos buscando o nosso equilíbrio", analisou Gabi.

Um fator preponderante para a vitória brasileira diante da Argentina foi o bloqueio. O time verde e amarelo conseguiu 17 pontos com esse fundamento, desempenho esse que também foi elogiado pelo técnico José Roberto Guimarães.

"Nosso time jogou bem principalmente na relação entre o bloqueio e a defesa. Esse foi um duelo sul-americano e a vitória foi fundamental para o nosso grupo. Sacamos bem e o bloqueio foi eficiente. Ganhar da Argentina foi muito importante para a nossa sequência na competição", afirmou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade